Uma das passagens mais estranhas do Antigo Testamento ocorre entre os capítulos de Números 22 à 24 onde vemos a história do profeta Balaão e sua jumenta que fala.

Quem foi Balaão e sua jumenta que fala na Bíblia?

Balaão, um profeta perverso, encontra um fenômeno estranho a caminho de falar com os oficiais moabitas. 

Neste artigo, discutiremos quem foi Balaão na bíblia, que coisa estranha aconteceu no caminho para Moabe com sua jumenta e o que esta passagem nos importa hoje.

Quem foi Balaão e o rei Balaque?

Antes de mergulharmos na personalidade de Balaão, temos que estabelecer o contexto histórico. 

Os moabitas , descendentes de Ló (sobrinho de Abraão, Gênesis 19:37) não gostaram que os israelitas estivessem espreitando um pouco perto demais de suas terras durante o êxodo.

Balaque, seu rei, sabia como Israel lidara com outro inimigo, os amorreus – descendentes de Canaã (Gênesis 10: 15-16) e ferozes guerreiros.

Temendo por seu reino, Balaque convoca Balaão, um profeta, para vir e amaldiçoar o povo israelita.

Aparentemente, Balaão não pode amaldiçoar os israelitas sem receber a permissão do Senhor primeiro. 

Não é de surpreender que Deus não permita que ele amaldiçoe as pessoas que abençoou.

Apesar de tudo isso, o rei moabita envia mais oficiais que afirmam que Balaão ganhará prêmios de prata se o acompanharem rei para amaldiçoar Israel. 

Balaão selou seu jumento e foi para Moabe, porque Deus lhe disse: “Vá com eles, mas faça apenas o que eu lhe digo” (Números 22:20) .

O burro de Balaão fala, e Balaão vê o anjo

Deus envia um anjo para desviar o caminho de Balaão na rota para Moabe. Balaão não pode vê-lo, mas aparentemente sua jumenta pode (Números 22:23). 

A jumenta tenta se afastar do caminho, porém seu dono bati nela.

Após a terceira surra, a jumenta se vira para ele e pergunta por que Balaão está batendo nela. 

Neste mesmo instante Deus abre os olhos de Balaão, e ele vê o anjo na estrada com uma espada desembainhada. 

O anjo diz a ele para continuar em Moabe, mas ao invés de uma maldição, Deus diz a ele para declarar uma bênção.

Parece, a partir deste ponto, que Balaão se voltou para Deus e se recusou a amaldiçoar aqueles a quem Deus abençoou, mas, como veremos no próximo capítulo, até um profeta pode colocar uma expressão falsa e parecer que ele se arrependeu.

Balaão se torna perverso novamente

Embora Balaão não pudesse dizer nada sem a permissão de Deus, ele descobriu uma maneira de amaldiçoar Israel indiretamente em Números 25 .

Ao convencer as mulheres moabitas a dormirem com os homens israelitas, elas começaram a desviar Israel ao adorar outros deuses (Números 25: 2Apocalipse 2:14). 

Como as esposas de Salomão, que o encorajaram a ir atrás de ídolos, essas mulheres convencem os israelitas a adorar Baal, um deus infame no Antigo Testamento (Números 25: 3).

O que podemos aprender da história de Balaão na Bíblia?

Pode parecer uma das histórias mais obscuras do Antigo Testamento, mas podemos aplicar muito disso em nossas vidas hoje.

1. Nem todo que profere palavras de verdade ou bênção é de Deus.

Você pode encontrar tópicos do evangelho em escritos seculares, como a analogia da caverna de Platão. 

Essa passagem tem dicas notáveis ​​do evangelho, mas foi escrita por alguém que nunca conheceu a Deus. 

Balaão falou mais de uma bênção sobre Israel, mas isso não significava que ele pertencia a Deus.

2. As pessoas podem “se arrepender” e ainda viver sem Cristo .

Parece, na história, que Balaão vê o erro de seus caminhos. Ele até admite, em voz alta, que pecou. 

Quando ele vai abençoar Israel, parece que ele fez a curva para melhor. Mas no capítulo seguinte, ele decretou um plano que destrói milhares de israelitas.

3. O amor ao dinheiro pode nos levar a fazer coisas terríveis.

Embora não tenha sido falado explicitamente na passagem de NúmerosJudas 1:11 sugere que ele apresentou as mulheres moabitas a Israel para obter ganhos financeiros. 

Talvez Balaque visse Balaão encontrar uma maneira de amaldiçoá-los sem palavras, e ele seria recompensado generosamente.

No geral, podemos aprender que Deus pode trabalhar através de alguém, mesmo daqueles que não pertencem a ele. 

Mas temos que ter cuidado com os lobos em pele de cordeiro. Até mesmo um suposto profeta de Deus, alguém que te abençoe, poderá amaldiçoá-lo no próximo suspiro.

Gostou do artigo? Espero que a graça do Senhor tenha lhe alcançado e sanado todas suas duvidas quanto a quem foi Balão na bíblia.

Caso queira saber mais a respeito de profetas de Deus, recomendo a leitura do seguinte artigo: Amós 3:7 | Será mesmo que Deus revela tudo ao Profeta?

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!