Você com certeza, já se deparou questionando-se a si mesmo a respeito de o que verdadeiramente é ou como entender o chamado de Deus. Acertei? Então este artigo foi feito pra você!

A verdade é que todo cristão é chamado por Deus para um propósito específico…

Mas muitas vezes vemos que os cristãos geralmente limitam a definição de chamado de Deus para significar uma carreira ou um compromisso de ser um missionário ou trabalhar no ministério.   

A verdade é que a ideia do chamado de Deus é realmente muito mais ampla do que apenas essas áreas, e discernir Seu chamado não precisa ser tão intimidador quanto parece. 

O que é o Chamado de Deus?

O que é o Chamado de Deus?

O chamado de Deus para minha e sua vida é simplesmente um puxão em nossos corações para um propósito em particular.   

Um chamado pode ser para uma situação específica, para uma estação da vida ou até mesmo para toda a vida.   

Enquanto todo cristão tem um chamado principal, que é viver uma vida de obediência a Deus – cada cristão também tem um chamado individual.   

Deus chama cada um de nós para coisas diferentes, como por exemplo: relacionamentos, empregos, ministérios, cidades etc.

Entenda que às vezes Ele nos chama para começar a fazer as coisas, e às vezes Ele nos chama para parar de fazer as coisas…

Às vezes Ele nos chama para ir, e às vezes Ele nos chama para ficarmos exatamente onde estamos!

Quando percebemos que estamos sendo atraídos por algo, a tarefa de discernir se Deus é quem nos atrai nessa direção ou se são nossos próprios desejos que nos puxam para lá pode parecer impossível, mas é definitivamente possível.

Duas maneiras que todo cristão é chamado por Deus

Duas maneiras que todo cristão é chamado por Deus

O conceito de chamado de Deus provoca questões teológicas e nos leva a procurar respostas bíblicas. E, portanto, procuramos ajuda nas Escrituras.

1. Deus nos chama para conhecê-lo.

O chamado do evangelho é misterioso e pela vontade soberana de Deus (Romanos 8:30). 

A beleza da natureza misteriosa do chamado do evangelho é que Deus chama as pessoas “das trevas para a sua maravilhosa luz” (1 Pedro 2: 9). 

O chamado do evangelho é misterioso e soberano!

Jesus diz: “O vento sopra onde quiser, e assim é com todos os nascidos do Espírito” (João 3). Eu amo esse versículo porque me diz que Deus está divina e misteriosamente trabalhando nas pessoas por seu poder soberano.

Não há acidentes no chamado de Deus. Cada pessoa tem uma história única da obra de regeneração no Senhor. Deus pega meu coração de pedra e o torna um coração de carne (Romanos 10: 9-10).

2. Deus nos chama a viver para ele.

Cada cristão é chamado a testemunhar e a trabalhar para o Senhor.

O trabalho é uma tarefa divina, e as pessoas selecionam carreiras por diferentes meios. 

Se você é cristão, Deus já tem um plano e uma designação divina para você. O trabalho é uma chamada universal originada na criação. 

Deus espera que as pessoas trabalhem. No entanto, Deus não nos diz o tipo de trabalho que devemos fazer.

Acredito que Deus arranja o tempo e o local para cada um de nós sermos usados em uma experiência de trabalho específica. 

Não importa a carreira, Deus irá usar você de uma maneira profunda para a glória dele. 

Embora o trabalho seja um chamado divino do Senhor, também somos ordenados nas Escrituras a realizar todas as atividades para a glória do Senhor (Colossenses 3:17). 

Este versículo é uma declaração profunda da preocupação de Deus por minhas atividades pessoais. 

As atividades de lazer, aprendizado, trabalho e responsabilidade (como ser pai ou mãe) são chamados nobres, e eu devo realizá-los e trabalhar diligentemente para a glória de Deus.

É importante notar que não apenas chegamos ao nosso chamado por acaso, mas cada uma de nossas designações é movida pela mão graciosa e providencial de Deus. 

Como saber se o chamado vem realmente de Deus para minha vida?

Como saber se o chamado vem realmente de Deus para minha vida?

Se você está sentindo um empurrão em direção a algo e não tem certeza se é dele, aqui estão algumas maneiras de saber se Deus é quem está fazendo o chamado:

1. Um chamado de Deus nunca contradiz as Escrituras.   

Isto parece óbvio, mas confesse que nós podemos surpreende e facilmente ceder a um desejo que não corresponde ao modo como as Escrituras nos chamam a viver.   

Se a coisa para a qual você está se sentindo chamado está fazendo você pecar, não é de Deus.   

Os chamados de Deus para nós sempre nos aproximarão dEle, e nunca nos afastarão de sua presença. (2 Coríntios 10: 4-6, 2 Timóteo 3: 16-17)

2. O chamado de Deus sempre será acompanhado por Sua paz, assim como qualquer outra coisa que necessitemos.

Às vezes Deus nos pede que façamos algo grande ou assustador, e, embora possamos sentir medo, nossos medos serão enfrentados pela graça e paz avassaladoras de Deus para fazer o que quer que Ele esteja nos pedindo.   

Ele também nunca nos chamará para algo sem nos capacitar para fazer o que Ele está nos pedindo para fazer. (Mateus 11: 28-30, Filipenses 4: 7)

Inclusive, se você assim como eu tem um chamado tremendo para pregar, evangelizar e transformar vidas, assim como eu. Leia: Como perder a timidez e o medo de pregar a Palavra de Deus.

3. Um chamado de Deus será frequentemente acompanhado de confirmação.   

Muitas vezes Deus confirma o que Ele está nos pedindo para fazer através de situações e até mesmo através de outras pessoas.   

Se você não tiver certeza sobre um possível chamado em sua vida, peça a Deus que deixe claro para você enviando algum tipo de confirmação.   

Ele não quer que você fique confuso; portanto, não hesite em pedir sabedoria a Ele. (1 Tessalonicenses 5: 16-21, Tiago 1: 5)

4. O chamado de Deus sempre resultará em Sua glória.   

Embora nossos desejos carnais possam frequentemente nos beneficiar, seja engrandecendo-nos ou abençoando-nos, em última análise, qualquer chamado dado por Deus apontará para Ele.   

Se o seu chamado parece ter tudo a ver com sua felicidade e sucesso, sem pensar, agradecer ou dar crédito a Deus, provavelmente não é dele. (1 Coríntios 10:31, 2 Tessalonicenses 1: 11-12)

No final de tudo, a coisa mais importante a lembrar ao descobrir seu chamado é obediência a Deus.   

Se você está buscando a vontade Dele com um coração obediente, Ele deixará o chamado claro para você e, quando deixar claro, encorajo você a fazer o que Ele está pedindo que faça imediatamente.   

Aprendi com a experiência que a obediência tardia resulta em bênçãos tardias.   

Então, se Ele está pedindo para você ficar quieto, fique quieto para que Ele possa começar a trabalhar na sua situação.   

Se Ele está pedindo que você se levante e vá, levante-se para que Ele possa trabalhar em você e através de você.   

Quanto mais cedo obedecemos, mais cedo Ele pode começar a Sua glória e nosso bem supremo.

Três lições sobre o chamado de Deus na Bíblia

Três lições sobre o chamado de Deus na Bíblia

Aqui estão quatro histórias bíblicas que nos ajudarão a entender o chamado de Deus mais profundamente. Cada um deles ressalta o princípio da preparação.

1. Deus chama pessoas fracas e incapazes para ele (Êxodo 3: 1-8).

A vida de Moisés pode ser dividida em três seções únicas. Nos primeiros 40 anos, Moisés passa aprendendo no Egito. 

Os próximos 40 anos são gastos cuidando de ovelhas e, finalmente, os últimos 40 foram gastos no deserto. Observe que nos três lugares, Deus estava preparando Moisés.

A experiência da sarça ardente é o evento notável em que Moisés é confrontado pela presença do Senhor, e é aqui que vemos o chamado de Deus para que ele seja um líder. 

Moisés sentiu-se inadequado, incapaz de cumprir a missão de Deus e provavelmente um pouco de medo dos egípcios.

A rotina normal havia se estabelecido para Moisés. Uma nova responsabilidade eleva seus sentidos de inadequação.

Ele não tem um talento para falar e as ferramentas necessárias para liderar. 

Deus resolve as duas questões na vida de Moisés, e este homem se torna o porta-voz de Deus para o povo de Israel (Deuteronômio 5: 23-27).

2. Deus chama todas as pessoas à obediência e fidelidade (1 Samuel 3: 1-10).

O chamado de Deus veio a Samuel quando ele era jovem e antes mesmo de conhecer o Senhor. 

O significado do chamado de Samuel é que, naquela época, “a palavra do Senhor era rara”. O Senhor usou o ministério de Samuel de maneiras estratégicas para apontar os olhos de Israel para o Messias que viria mais tarde (1 Samuel 3: 20-21).

O que mais me impressiona no chamado de Samuel é que, ele respondeu ao chamado de Deus com uma declaração simples: “Fale, pois seu servo está ouvindo”. 

Que possamos responder da mesma maneira, seja lá o que Deus nos pedir para fazer e em qualquer idade que Ele nos chame para fazer.

3. Deus chama seu povo para falar a verdade nos tempos sombrios (Isaías 6: 1-8).

O rei Uzias era rei de Judá por cerca de 52 anos. Ele foi um dos bons reis de Judá. No entanto, Uzias falhou em honrar o Senhor (2 Crônicas 26: 16-23). Deus o julgou com lepra.

Em meio a esses dias difíceis e tempos sombrios para o povo, Deus levantou um líder! O profeta Isaias.

Para Isaías, seu chamado foi em um culto. Isaías reconheceu o estado de sua iniquidade pessoal e sua indignidade em pregar. Mas Deus o restaura e o prepara para o serviço. 

Isaías responde: “Eis me aqui, Envie-me.” Deus usa Isaías por mais de 50 anos de ministério, permitindo-lhe escrever o Livro de Isaías e preparar Israel para confiar no Senhor quando eles entraram no cativeiro babilônico (586 aC).

Como entender o chamado de Deus?

Como entender o chamado misterioso e miraculoso de Deus?

O chamado de Deus está frequentemente além do que podemos entender. 

Portanto, não apoi-se em seu próprio entendimento e lembre-se: Deus é ativo e no tempo certo faz com que os ouvidos se abram e os olhos vejam seus propósitos e planos (Lucas 4: 18-19). 

Ao falar sobre chamado de Deus, devemos ter cuidado. Deus chama todos os cristãos para conhecê-lo e viver para sua glória; isso é verdade. 

Mas chamados específicos terão uma aparência diferente para cada um…

Deus escolhe o tempo, o lugar, a maneira, o conteúdo e os meios para expressar sua vontade ao seu povo.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!