A Diferença entre Pecado e Pecados segundo a Bíblia: Ilustração Sobre o Que é Pecado

Por Tyago Rodrigues 6 Min de Leitura

O que é pecado de acordo com a Bíblia? E o que são pecados? A seguir veremos uma ilustração profunda a respeito.

Permita-me dar uma breve definição primeiro:

Pecado no singular refere-se àquela raiz dentro de nós (em nosso coração) que nos motiva a cometer atos pecaminosos.

Já pecados, por outro lado, refere-se aos atos pecaminosos individuais, específicos, que cometemos exteriormente.

Dito isto, vamos a nossa ilustração como prometido. Já adianto que a mesma será muito útil caso você esteja ministrando em algum sermão sobre o que é pecado.

- Publicidade -
Ilustração Sobre o Que é Pecado

Ilustração: A Diferença entre Pecado e Pecados

Em diversos textos a bíblia vai falar sobre a palavra ‘pecado’ no singular e ‘pecados’ no plural.

A figura que podemos utilizar para ilustrar esse ensino é de uma arvore carregada de frutos. Onde ‘pecados’ no plural seriam os frutos dessa arvore.

Aliás, a bíblia nos ensina que pecados é aquilo que é externo.

Mas sabemos que a qualidade dos frutos de uma arvore são resultados de sua raiz.

Um problema que a gente tem ate mesmo presente nas igrejas, é o de tentar trabalhar os pecados.

- Publicidade -

Então alguém entra na igreja e queremos doutrinar a pessoa com frases como: ‘Agora você é crente, então, para de falar palavrão ok?

O que resulta disso? O arrancar de um fruto ruim da arvore.

No entanto, se eu arranco um fruto de uma arvore, logo no mês seguinte ele nasce de novo ou em outro lugar e de outra forma, talvez até mais ruim que o fruto anterior.

Porque isso acontece? Porque não basta eu focar na mudança do fruto, eu preciso focar na mudança da raiz.

Não basta eu focar na mudança de comportamento, eu preciso focar na mudança de coração!

Pois se eu quero arrancar uma arvore eu não ataco o fruto, nem mesmo o tronco – eu preciso focar na raiz.

Talvez você já se pegou cortando frutos ruins da sua vida… Deixa eu te falar: Não adianta!

Explicação e significado das figuras desta Ilustração

  1. Pecado vs. Pecados:
    • O “pecado” no singular pode ser compreendido como a raiz de todos os “pecados” no plural. Ele é a fonte, a inclinação ou a natureza pecaminosa que está presente em todos nós, resultando em ações pecaminosas (os “pecados”).
  2. A Árvore e Seus Frutos:
    • A imagem da árvore carregada de frutos pode ser uma representação visual poderosa dessa distinção.
    • Os “pecados” seriam os frutos visíveis que surgem das inclinações pecaminosas da raiz (o pecado).
    • Tentar resolver o problema apenas removendo os frutos (comportamentos pecaminosos) é superficial, pois os frutos podem crescer novamente ou manifestar-se de maneira diferente, se a raiz não for tratada.
  3. A Mudança da Raiz:
    • A verdadeira transformação ocorre quando a raiz (o coração humano) é transformada.
    • A Bíblia fala sobre a necessidade de um novo nascimento espiritual e da renovação da mente para combater o pecado em sua raiz.
    • Isso envolve uma busca por um relacionamento mais profundo com Deus, uma compreensão de Sua Palavra e a orientação do Espírito Santo para moldar o caráter de alguém.
  4. A Ineficácia da Abordagem Superficial:
    • Assim como cortar os frutos não resolve o problema da árvore, apenas lidar com os comportamentos externos não resolve o problema do pecado.
    • Apenas tentar modificar o comportamento sem tratar a raiz pode levar a um ciclo de luta constante e repetição de pecados.
  5. Foco na Transformação do Coração:
    • Em vez de apenas dizer às pessoas para pararem com certos pecados, é importante ensinar sobre o arrependimento, a fé em Cristo e a transformação interior.
    • Isso envolve uma jornada espiritual em que a pessoa busca uma comunhão mais profunda com Deus e permite que Ele trabalhe em seu coração para produzir frutos de justiça e santidade.

Versículo base para a Ilustração:

Usamos como base para a construção dessa ilustração os primeiros 8 capítulos do livro de Romanos.

Esses 8 capítulos mostram-nos o significado pleno do pecado.

Aqui encontramos uma característica notável: do capítulo 1 ao 5:11, somente a palavra pecados, no plural, é mencionada; enquanto a palavra pecado, no singular, em nenhum momento é citada.

- Publicidade -

Mas, de 5:12 até o final do capítulo 8, o ‘jogo vira’ e o que encontramos é pecado, não pecados.

Tipos de sermões em que essa Ilustração pode ser utilizada:

A ilustração da árvore carregada de frutos e a distinção entre “pecado” e “pecados” podem ser utilizadas em diversos tipos de sermões e pregações, especialmente aqueles que abordam temas relacionados à santidade, transformação pessoal e pecado.

Compartilhe Este Artigo
Follow:
Me chamo Tyago Rodrigues e sou totalmente apaixonado pelo reino de Deus e sua obra! O que queima em meu coração? Levar o Evangelho libertador às pessoas, através do ensino da Palavra de Deus, e é isso que tenho feito!
Deixe um comentário