Família, um Projeto de Deus [ESTUDO IMPACTANTE]

Tempo de leitura: 10 min

Escrito por Tyago Rodrigues
em 24/06/2021

Compartilhe agora mesmo:

O primeiro grupo social ao qual uma pessoa pertence é a família, um projeto criado pelo próprio Deus.

A função da família é, precisamente, impedir que haja o sentimento de solidão, que caracterizava Adão antes da formação da mulher (Genesis 2: 20).

E disse o Senhor Deus: Não é bom que o homem esteja só; far-lhe-ei uma ajudadora idônea para ele.” (Gênesis 2: 18)

Família, um Projeto de Deus

Em Gênesis se dá início a primeira família humana!

Não há nada melhor do que viver em família, estar perto daquelas pessoas que Deus colocou pra fazer parte da nossa vida, poder conversar, abraçar e AMAR!

Mas, o que o inimigo não quer é ver as pessoas, digo: as FAMÍLIAS, felizes.

Talvez você se pergunte: “Que mistério será esse que faz o Senhor Deus investir tanto em famílias? Porque será que é tão popular a expressão: ‘Família é projeto de Deus’? Como alinhar-me a este projeto do Senhor e ter minha família abençoada em Seu altar?”

Bom, é isso que descobriremos nesse estudo completo a respeito da família na visão bíblica, continue a leitura:

Famílias fortes geram Igrejas fortes!

A igreja (aqui falo a respeito da igreja local) é formada pela soma de suas famílias, e mais que isso: quero desde já afirmar que a igreja é exatamente o reflexo das famílias!

Ou seja, se temos famílias bem estruturadas, as mesmas formam Igrejas bem estruturadas. Isto é verdade, e Satanás sabe bem disto!

Por esta razão, de forma mais acentuada nestes “últimos dias”, ele tem investido contra a base familiar, seja através da televisão, usando, principalmente, seus filmes e series: desmoralizando o casamento, incentivando as uniões ilícitas, incentivando o homossexualismo, enaltecendo a deliberação sexual, quebrando a hierarquia familiar, retirando ou coibindo a autoridade dos pais, etc.

O objetivo de Satanás é enfraquecer, desmoralizar e acabar com a estrutura familiar. Porém, seu alvo principal é a igreja local. Ele sabe que combatendo a Família, estará prejudicando (e muito) a Igreja.

É por isso mesmo que ouso afirmar que:

Família é um projeto de Deus.

A família é um projeto de Deus, originado pelo casamento entre um homem e uma mulher. Salomão, cheio da sabedoria do alto, escreveu o seguinte: “Desfruta da vida com a mulher que amas” (Eclesiastes 9: 9).

Davi afirmou que um homem abençoado é aquele que tem a sua mulher e os seus filhos unidos com ele e estão sempre em comunhão (Salmos 128).

O grande fato é que sem família, a nossa vida não seria tão boa e divertida…

Como é gostoso termos com quem compartilhar os nossos dias, termos quem nos ajude, bem como, termos alguém para cuidar e realizar. Afinal, é quando fazemos quem amamos feliz que descobrimos a verdadeira felicidade.

É interessante que Deus não criou um “monte de amigo” para Adão, Ele criou Eva e isso foi suficiente para completar a criação!

Depois, quando veio o dilúvio, imagino que Deus pensou: “Como será sem graça se Noé ficar sozinho, ele precisará levar a sua família, sua esposa, filhos e nora junto na arca”.

Deus ama família! Afinal, Ele quer o nosso melhor e sabe que precisamos de nossos familiares para sermos verdadeiramente felizes.

Ter amigos é bom, ter líderes espirituais é maravilhoso, mas uma hora ou outra haverá momentos em que as únicas pessoas com quem poderemos contar ou com quem desejaremos estar serão os nossos familiares, não é verdade?

Deus, o criador da Família

De todas as coisas que Deus criou no principio, apenas uma, de acordo com seu próprio julgamento, ainda não estava boa: “E disse o Senhor Deus: NÃO É BOM que o homem esteja só…”.

Esta constatação foi feita pelo próprio Senhor… Para ser companheira do homem, Deus criou uma mulher – “…far-lhe-ei uma ajudadora idônea para ele.

Esta foi a decisão divina para suprir a carência afetiva e física do homem, portanto qualquer desvio deste principio contraria a decisão de Deus, e se constitui pecado!

O Espírito Santo, ao inspirar Moisés, quando este escrevia o Livro de Gênesis, foi criterioso ao declarar que Deus criou homem e mulher“E criou Deus o homem à sua imagem; à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou“ (Genesis 1: 27).

De acordo com a Bíblia existem, apenas, dois tipos de sexo: ou a pessoa é Homem, ou, então, é Mulher. Não existe um “meio termo” na Palavra de Deus – um Homem e uma Mulher, biblicamente, formam um casal!

A Primeira Família

A primeira Família, projetada por Deus, teve como principio a formação de um casal, ou seja, Deus abençoou um homem e uma mulher – “Deus os abençoou, e Deus lhes disse: frutificai e multiplicai-vos, enchei a terra, e sujeitai-a”(Genesis 1: 28).

Estava, assim, realizado, pelo próprio Deus, o primeiro casamento, e determinado uma de suas três funções: a multiplicação da raça humana através da geração de filhos.

Portanto, segundo o projeto de Deus, o modelo para formação de uma família é a união de um casal, de um Homem e de uma Mulher.

Qualquer tentativa de formar uma Família contrariando este principio estabelecido por Deus, é contra à Bíblia Sagrada.

O Senhor Jesus Cristo fez questão de confirmar este principio declarando: “Mas no princípio da criação Deus os fez homem e mulher. Por esta razão, o homem deixará pai e mãe e se unirá à sua mulher, e os dois se tornarão uma só carne…”(Mc 10:6-8).

A queda e suas consequências para a Família:

A queda de Adão e Eva é apresentada na Bíblia, de modo explícito.

A essência do primeiro pecado está na desobediência do homem à vontade divina e na realização de sua própria vontade. O seu pecado foi uma transgressão deliberada ao limite que Deus lhe havia colocado.

A tentação veio de fora, da parte de Satanás, que os instigou a desobedecer à ordem de Deus.

Satanás sabia que não seria tão fácil convencer o casal a desobedecer a Deus. Ele investiu, então, sobre a mulher, porque entendia que ela (sozinha) facilmente cederia as suas provocações.

Observamos, no relato da queda do primeiro casal, que o diabo surge como uma serpente, ou seja, de forma quase imperceptível, quase sem ser notada, apresentando-se à mulher de repente, de surpresa, num momento em que a mulher não esperava e que, o texto nos leva a crer, estava solitária, sem a companhia de seu marido, diríamos que num instante de distração.

A distração, o “cochilo espiritual”, é fatal para a saúde espiritual da Igreja. O caminho da vigilância está relacionado com a meditação dia e noite na Palavra de Deus.

Quando meditamos nas Escrituras, quando as estudamos dia e noite, o adversário não encontra brecha para agir em nós.

Os resultados da Queda no relacionamento familiar:

Em primeiro lugar, a rebelião: Adão acusou a mulher por lhe ter oferecido o fruto proibido – “a mulher que me deste por companheira, ela me deu da árvore, e comi” (Genesis 3: 12). Daí já se percebe que o relacionamento entre o casal já não era como antes.

A rebelião de Adão e Eva encerrou o relacionamento íntimo que eles haviam desfrutado com Deus.

A natureza de sua rebelião foi tal que rompeu a sua maneira de se relacionar não só com Deus mas também um com o outro. Em vez do mútuo amor e compromisso, sua rebelião contra Deus resultou em vergonha mútua (Genesis 3: 7).

Seu relacionamento interpessoal não era mais harmonioso. Essa rebelião resultou, acima de tudo, na separação de Deus e na percepção de que Deus era Alguém de quem eles precisavam se esconder (Genesis 3: 8-10).

Deus e os seres humanos não estavam mais unidos em amor e harmonia…

A vida familiar depois da Queda:

Quando Deus criou a Família, Ele o fez em um ambiente perfeito: o jardim do Éden.

A Família NÃO foi criada em meio a um ambiente de conflitos, guerras e desgraças ou de doenças e falta de recursos para provisão.

O plano de divino era que Adão e Eva pudessem frutificar perto da presença de Deus, e não distante dEle.

A queda, como registrada em Gênesis, trouxe transtornos e males irreparáveis para a Família e, por consequência, para toda raça humana.

Mas, o inimigo ainda não parou a sua investida contra a Família em Gênesis. Por ser de origem divina, o inimigo tem atacado a Família de maneira implacável AINDA HOJE!

As tentações aos pais de família, principalmente na área da sexualidade e do mau relacionamento com os filhos tem sido constante; os ataques aos filhos, lançando-os contra os pais; dos pais contra os filhos; o problema das drogas, da pornografia, do homossexualismo.

Estamos vendo isso com muita intensidade nestes últimos dias da Igreja na Terra. Satanás sabe que ele já está condenado e quer levar o maior número de pessoas com ele parta o Inferno (leia Salmo 9: 17).

Família é um projeto de Jesus.

Nosso Senhor Jesus Cristo muito valorizou a família!

Ele veio ao mundo através de uma família e além de pais, teve irmãos e irmãs. Jesus teve seu crescimento físico, social, intelectual e espiritual no seio de sua família (Lucas 2: 52).

Ao cumprir seu ministério terreno, o Mestre não costumava se hospedar em hotéis, mas desfrutava da hospitalidade de um lar (Mateus 8: 14; Lucas 10: 38-42).

Sem mencionar que Seu primeiro milagre foi realizado justo numa festa de casamento, isto é, na formação de uma nova família (leia João 2: 12).

Jesus ainda nos ensinou-nos a orar, chamando Deus de “Pai Nosso” e enfatizou o quarto mandamento, nos orientando a honrar pai e mãe.

2 segredos para se ter uma Família no Altar de Deus

2 segredos para se ter uma Família no Altar de Deus:

Quem não quer ter uma família feliz e abençoada no altar de Deus? Acredito que este seja um dos maiores desejos de todos!

Isso porque uma família faz parte da realização pessoal de qualquer pessoa, ninguém quer uma família infeliz e longe dos projetos e da bênção de Deus.

A boa notícia é que a Bíblia nos ensina dois segredos muito importantes (e eficazes): eles nos mostram como ter essa família dos sonhos.

Se estiver alicerçada e fundamentada nos ensinamentos de Jesus, a felicidade de nossa família será notória!

Isso significa que a transparência, honestidade, lealdade, bondade e muitas outras virtudes serão naturalmente manifestas na vida de uma família no altar de Deus.

Bom, continue essa leitura, descubra e aplique estes 2 segredos bíblicos que fazem parte do projeto de Deus para se ter uma vida familiar incrível:

1) Bem-aventurados os que temem ao Senhor… (Salmo 128: 1)

O primeiro segredo para se ter uma família dentro do que o Senhor estabeleceu em seus projetos tem a ver com como tratamos Deus em nossas vidas!

Temer a Deus é amá-lo mais do que qualquer outra coisa, amá-lo com todo o coração e com todas as suas forças, é torná-lo uma prioridade em nossas vidas.

Esse respeito e comunicação com Deus é uma grande chave, e nem todos aplicam isso em suas vidas familiares!

Quando o casal constrói essa vida de verdadeiro temor a Deus o inimigo acaba por não encontra brechas para entrar e destruir a respectiva família.

Precisamos investir energia nesta área. É como um relacionamento que precisa ser cultivado todos os dias para se tornar forte e saudável.

2-) Bem-aventurados aqueles que (…) trilham o seu caminho! (Salmo 128.1)

O segundo segredo tem a ver com a maneira como nos comportamos diante de Deus e dos homens.

Deus nos deu diretrizes claras, dizendo-nos como devemos agir, o que devemos fazer e o que não devemos fazer. Tudo isso está na Bíblia.

Em outras palavras, para ter uma família feliz, devemos obedecer a Deus e conduzir nossa família por esse caminho!

E para obedecer ao Senhor e agir à Sua maneira, precisamos conhece-lo, o que nos faz pensar que devemos investir tempo, recursos e energia para conhecer e praticar a vontade de Deus. Isso não é mágica, nem acontece da noite pro dia.

Este é um investimento para toda a vida, é ação!

Embora estes sejam segredos relativamente básicos, eles não são tão simples na pratica. Cada um de nós deve buscar ser um bom servo fiel de Deus e ter uma família feliz, pois este é o projeto do Senhor!

Segundo a Bíblia família é sim um grande projeto de Deus

Que poder de influência há quando a nossa família é, de fato, uma família feliz. Com tantos princípios divinos distorcidos pelo diabo, o status do casamento e da vida familiar está em baixa.

Quando uma família surge como referencial, “Buuuum”, uma dinamite de influência afetará vizinhança, amigos, igrejas, etc.

Deus quer levantar a sua família para fazer a diferença nesta terra e mostrar que o projeto original dEle continua sendo o melhor.

Coloque o seu casamento e a sua casa em ordem com os princípios da Palavra de Deus, então siga o “manual do fabricante” e você com certeza será muito feliz. Mas, além disso, outras famílias desejarão ter o que a sua tem: Jesus!

Compartilhe agora mesmo:

Você vai gostar também:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe um comentário


*


*


Seja o primeiro a comentar!