Graça e paz, tudo bem? Hoje teremos um mega estudo que comprova que dinheiro é sim assunto espiritual!

Lembre-se que quanto mais cedo você se educar quanto a questões financeiras mais cedo você terá suas aquisições e sonhos bem sucedidos.

Caso preferir, abaixo você pode ouvir a versão em áudio deste estudo:

Iremos tratar a respeito de educação financeira dentro de um ponto de vista espiritual. Porque é importante que você entenda que é o mundo espiritual que está administrando o mundo físico e não ao contrário!

Quando você entende esse princípio, você está dando um passo largo rumo à realização dos seus sonhos e seus projetos nessa terra.

Se tratando da área de finanças, de dinheiro, você precisa entender que nós que somos cristãos temos a bíblia como regra e manual de fé.

Dinheiro é assunto espiritual? Entenda

A Escritura Sagrada é um livro que fala muito a respeito de finanças, é isso que eu gostaria que você observasse, pois se ela fala tanto da área de finanças nos cabe uma pergunta:

Dinheiro é assunto espiritual ou não? O que você acha? Bem, vamos analisar essa questão a seguir…

Se dinheiro não fosse assunto espiritual, porque Deus daria tanta ênfase a ele dentro da bíblia, por exemplo: Jesus nos seus ensinamentos falou mais sobre o dinheiro do que sobre perdão.

Outra questão, se dinheiro não fosse um assunto espiritual, porque Isaías 55:2 nos questiona ‘Por que gastar dinheiro naquilo que não é pão e o seu trabalho árduo naquilo que não satisfaz‘?

Porque Deus estaria preocupado com a maneira com que você administra as suas finanças, ora dinheiro é um assunto espiritual e veremos a seguir que ele está desde o início…

Dinheiro é assunto espiritual deste o inicio da criação

Nas ofertas de Caim e Abel e nas pedras preciosas que haviam na região que circulava o jardim do éden (Ezequiel 28:13).

A bíblia descreve que o primeiro homicídio acontece por conta de oferta! Aí você me diz: Peraí Marcio Leopoldino, o que tem haver a oferta com dinheiro?

Caim lidava com agricultura, com terra e plantação, enquanto que Abel com agropecuária, com animais.

Enquanto Caim traz como oferta as verduras e coisas da agricultura, Abel traz como oferta um produto da agropecuária, um animal…

Você vai entender que essas ofertas são dinheiro, a partir da sociologia e a história, a moeda de troca, o dinheiro das sociedades de tempos mais remotos, era o produto que eles tinham.

Por exemplo, quem tinha boi utilizava como moeda o boi, quem tinha ovelha usava ovelha, quem tinha grãos usava grãos.

As moedas cunhadas, as notas e as cifras só irão surgir muitos anos depois. A partir de 900 anos antes de cristo começou a surgir as primeiras cédulas no antigo império chinês.

Mas antes de surgir esses metais preciosos, o dinheiro era o produto que as pessoas possuíam. Então nos dias de Caim e Abel, o dinheiro era o que o que a agricultura e a agropecuária gerava (os animais e as suas plantações).

Dinheiro é um assunto muito sério segundo Jesus

Nós verdadeiros cristãos, colocamos Jesus e a cruz como divisor de águas na história da humanidade, classificamos tudo entre antes e depois de cristo.

No jardim do éden temos o início, em Jesus nós temos o meio da história, e justamente nesse meio da história que Cristo foi vendido por 30 moedas de prata.

Valor que era inferior ou o equivalente ao preço de um escravo! Dinheiro é assunto espiritual.

Minha é a prata, e meu é o ouro, disse o Senhor dos Exércitos. (Ageu 2:8)

Dinheiro é um assunto tão sério que o ministério de Jesus em suas parábolas empregou o uso de materiais que eram extremamente valiosos financeiramente, como por exemplo:

  • Parábola da pérola, parábola do tesouro escondido, parábola dos talentos (que era uma peça de ouro da época), etc.

Ou seja, o Novo Testamente de Cristo deu muita ênfase ao dinheiro, outra questão que você precisa analisar é que, Jesus tinha um tesoureiro (Judas).

O capitulo 12 de João relata e que os recursos financeiros que as pessoas traziam à Jesus, eram administrados por Judas.

Em Lucas 8: 2-3 vemos que Jesus realmente tinha este recurso financeiro, pois as mulheres o serviam com seus bens.

Ei! Jesus se interessa, se preocupa com essa questão do dinheiro, como você ganha e com oque você gasta. A maior prova disso é que ele foi ao templo, ficou observando uma caixa onde as pessoas depositavam suas ofertas e viu como cada um ofertava.

Entenda o ensinamento financeiro por trás da Parábola dos Talentos

A bíblia diz que a 1 foi dado cinco talentos, a outro foi dado dois e ao ultimo foi dado um (talento é uma moeda de ouro da época), e cada um ganhou de acordo com a sua capacidade administrativa.

Posteriormente cada um teve que vir prestar conta de como administrou os seus talentos, os seus ganhos materiais. Todos devolveram o capital de giro para quem investiu e ficaram com o lucro.

Vejamos os resultados:

  • Aquele que recebeu cinco talentos, devolveu estes e ficou com o lucro de mais 5;
  • O que ganhou dois, devolveu estes e ficou com o lucro de mais 2;
  • O ultimo, que havia ganho um talento, escolheu enterra-lo e foi um mau gestor, foi um mau administrador e o que ele ouviu do seu senhor foi:

Mau e negligente servo; sabias que ceifo onde não semeei e ajunto onde não espalhei? Devias então ter dado o meu dinheiro aos banqueiros e, quando eu viesse, receberia o meu com os juros. (Mateus 25:26,27)

Esta história do senhor que investiu os talentos aos servos é uma metáfora para falar acerca de Deus e o homem.

Deus dá recursos nas suas mãos, mas ele diz: ‘eu quero que você administre bem porquê dinheiro é um assunto é espiritual‘.

Dinheiro foi abordado também em Apocalipse

No fim do novo testamento, Apocalipse no capítulo 21 e 22 revela que João tem uma visão poderosa da Nova Jerusalém. Nesta visão ele vê ruas, muros, praças e detalhes da sociedade tendo como fundamento ouro e pedras preciosas.

Sabem que ouro e pedras preciosas valem dinheiro, então vemos que dinheiro está no começo (velho testamento), meio (evangelho de Cristo) e no fim da história(Apocalipse).

Dinheiro é assunto espiritual e Deus está preocupado com isso, Deus se preocupa como você adquire riqueza, o Senhor está preocupado em como você prospera na vida.

Se você tiver uma mente boa, uma mente gestora e equilibrada que sabe administrar seu dinheiro, você pode enriquecer de forma lícita, de forma honesta e abençoada por Deus.

Porem, se você não tiver uma boa educação em questões financeiras, certamente você pode ficar pobre ou empobrecer ainda mais.

Independente de seu status financeiro atual, o importante é ter uma mente rica, uma mente saudável, uma mente gestora e com isso irá crescer na vida.

Dinheiro é Assunto Espiritual

Dinheiro é Assunto Espiritual, palavras finais

Entenda que se você fosse um bom gestor na vida, um bom administrador e não viver com Deus, você terá riqueza terrena, porém você perde no que refere a salvação.

Hoje em dia vemos pessoas que são de religiões ocultistas, que são materialistas ou ate ateus e tem dinheiro, pois são bons gestoras e administradores.

O problema é que quando você é só um bom gestor e não depende de Deus, não entende que o dinheiro é um assunto espiritual e a economia da nação vai de mal a pior, você tende a também ir de mal a pior, seus recursos podem ir de mal a pior.

Entretanto quando você entende que dinheiro é espiritual, é um bom gestor e também é dependente de Deus. Mesmo nos dias de crise Deus te supri, Deus faz com que de onde você nunca viu sair o dinheiro, saia.

Com Deus você vê a sua vida financeira e estável. Por que? Porque a sua fé entra nesse campo da vida financeira e Deus começa a promover e produzir para a sua vida material.

Então entenda que dinheiro é um assunto espiritual, por isso é importante você administrar suas finanças ao modelo do reino de deus.

É importante você entender que você tem que ter o coração no reino de Deus e não nas coisas materiais da terra, pois quando você tem um coração no reino de Deus você tem o conhecimento de que o Senhor deseja que você seja abençoado.

E então com certeza você vive um nível financeiro melhor e maior!

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!