Bem Aventurados os Misericordiosos

No sermão da montanha Jesus disse: “Bem aventurados os misericordiosos, porque eles alcançarão misericórdia”.

Nesta conhecida bem aventurança, Jesus destaca a necessidade de sermos misericordiosos para que possamos alcançar misericórdia.

Como implicação, ela é também uma das qualidades que todo verdadeiro cristão precisa ter, porque  sem misericórdia não existe evangelho.

Aliás, sem misericórdia é impossível fazer a vontade de Deus e atender ao chamado de Jesus. Mas afinal, o que é misericórdia, e quem são os misericordiosos?

No estudo de hoje tentaremos esclarecer essas questões à luz do evangelho, para conscientização nossa como cristãos nesses dias onde estamos vivendo uma escassez de misericórdia.

Bem aventurados os misericordiosos

A palavra misericórdia é sinônimo de Dó, Compaixão, Piedade, e se caracteriza pelo sentimento de solidariedade com relação a alguém que está sofrendo alguma perda ou tragédia.

Assim sendo, ela é também o ato concreto desse sentimento, demonstrado através do perdão e da graça.

Na parábola do bom samaritano Jesus descreve com clareza o que é misericórdia e como exerce-la na prática, quando um doutor da Lei o indaga sobre quem é o próximo.

Leia também: Bem aventurados os que choram

Em Lucas 10:30-37 lemos:

“Descia um homem de Jerusalém para Jericó, e caiu nas mãos dos salteadores, os quais o despojaram, e espancando-o, se retiraram, deixando-o meio morto.
E, ocasionalmente descia pelo mesmo caminho certo sacerdote; vendo-o, passou de largo.
E de igual modo também um levita, chegando àquele lugar, e, vendo-o, passou de largo.
Mas um samaritano, que ia de viagem, chegou ao pé dele e, vendo-o, moveu-se de íntima compaixão;
E, aproximando-se, atou-lhe as feridas, deitando-lhes azeite e vinho; pondo-o sobre o seu animal, levou-o para uma estalagem, e cuidou dele;
E, partindo no outro dia, tirou dois dinheiros, e deu-os ao hospedeiro, e disse-lhe: Cuida dele; e tudo o que de mais gastares eu to pagarei quando voltar.
Qual, pois, destes três te parece que foi o próximo daquele que caiu nas mãos dos salteadores?
E ele disse: O que usou de misericórdia para com ele. Disse, pois, Jesus: Vai, e faze da mesma maneira”.

Quem São os Misericordiosos?

O texto que acabamos de ler mostra na prática o que é ser misericordioso e quem são os misericordiosos.

Aliás, em todo o seu ensinamento, Jesus deixa muito claro que o Evangelho é prática, não falácias. De modo que, ser misericordioso é praticar a misericórdia no dia a dia.

Veja que é impossível praticarmos o evangelho sem que o próximo esteja envolvido no processo (por essa e outras razões não creio em salvação individual).

Com efeito, a parábola do bom samaritano ensina que misericordioso é aquele que se dispõe a ajudar quando todo o resto nega ajuda.

Também deixa claro que o fato de ser um doutor da lei; o fato de ser um pregador ou mesmo um entendido da bíblia, não quer dizer nada, se todo esse conhecimento não refletir na prática.

Assim, misericordioso é aquele que se compadece do sofrimento alheio; aquele que faz com os outros exatamente aquilo que gostaria que o fizessem a si mesmo.

Ou seja, os verdadeiros misericordiosos não apenas setem dó, compaixão e piedade; eles fazem algo a respeito.

Como é o caso do bom samaritano, que não se autointitulando doutor da lei, religioso santo ou praticante da Torá, fez muito mais do que os religiosos da época.

Me permita interromper sua leitura por um instante:

VOCÊ GOSTARIA DE ESTUDAR TEOLOGIA DE SUA CASA, E SEM MENSALIDADES?

Conheça o programa que está detonando as faculdades tradicionais, o programa Teologia Para Todos. 

Nele você pode estudar teologia através de vídeo-aulas no seu computador, tablet ou celular, fazendo seu próprio horário.

Então, se você deseja estar preparado para a obra de Deus e ser um teólogo altamente qualificado, faz o seguinte: participe do programa e junte-se aos mais de 20.634mil alunos. Quero conhecer o programa.

Praticando a Misericórdia

Bem aventurados são os misericordiosos porque eles alcançarão misericórdia de Deus, assim como alcança o perdão,  aquele que perdoa.

Bem aventurados são os misericordiosos porque eles praticam o evangelho, demonstrando compaixão pelo seu semelhante.

Quer ser misericordioso? Pare de ignorar aqueles que precisam de sua ajuda. Veja que, o que não nos falta no dia a dia é a oportunidade de exercermos misericórdia.

Afinal de contas, ser misericordioso é levantar o que está caído; é suprir as necessidades daqueles que nada têm.

Ser misericordioso é sair de dentro das quatro paredes do templo, deixar de ser um parasita dentro da igreja e estender as mão para aqueles que gritam por socorro do lado de fora.

Outrossim, ser misericordioso é deixar de julgar, apedrejar e condenar o próximo, e, ao invés disso, perdoa-lo.

Veja que a misericórdia quase sempre vem daqueles que menos esperamos, e quase nunca vem daqueles que se dizem piedosos.

Por isso, bem aventurados são os misericordiosos que praticam a misericórdia, não aqueles que se dizem misericordiosos. Os que praticam, de fato, alcançaram misericórdia.

Conclusão

Em síntese, a parábola do bom samaritano nos mostra o que é misericórdia e como devemos exerce-la na prática.

Aprendemos também que a misericórdia vem daqueles que menos esperamos, por isso não devemos jugar ninguém, visto que a providência e o socorro pode vir exatamente de quem menos esperamos.

Aprendemos também que estar na igreja, ser doutor da lei, entender a bíblia de cabo a rabo e andar conforme o pastor manda, não nos qualifica como misericordiosos.

Pelo contrário, esses que têm muita posição eclesiástica são os que menos tem misericórdia.

Portanto, procure exercer misericórdia na prática e seja um cristão que vive o evangelho no dia a dia.

Além de tudo, faça parte do grupo dos verdadeiros misericordiosos e seja um bom samaritano nos dias atuais, por que é disso que o mundo precisa.

Por fim, comece hoje a praticar a misericórdia como ensinou Jesus porque, de fato, bem aventurados são os misericordiosos.

Powered by Rock Convert

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!