Porque tive fome e me deste de comer, esta impactante expressão está registrada em Mateus 25: 35-45. A grande maioria dos cristãos já leu ou ouvir falar nesta passagem, é realmente forte!

Porque tive Fome e me deste de Comer | Estudo e Esboço para Pregação
Porque tive Fome e me deste de Comer | Estudo e Esboço para Pregação

Ao se aproximar o momento de sua entrega, antes do Senhor Jesus, voluntariamente, se entregar à morte para a minha e a sua salvação, ele revela os segredos para que esta salvação fosse alcançada.

E esses segredos são como um testamento, uma aliança que Jesus Cristo deixa a todos aqueles que se propuserem seguir suas pegadas: 

“Dou-vos um mandamento novo: que vos ameis uns aos outros. Como eu vos amei, amai-vos uns aos outros.Nisso reconhecerão todos que sois meus discípulos, se tiverdes amor uns pelos outros.” (João 13: 34-35). 

Os primeiros cristãos levaram tão a sério esse mandamento de Jesus que as Escrituras dizem que todos vendiam suas propriedades e bens, e dividiam entre si, segundo as necessidades de cada um (Atos 2: 44-45. 47). 

O Senhor Jesus fez do amor ao próximo o sinal que servirá de julgamento no Juízo Final para distinguir os eleitos dos condenados (Mateus 25: 31-46).

Quando comparecermos diante do Juiz Eterno, no Juízo Final, ele não vai nos perguntar se jejuamos muito, se fomos em todos os cultos ou se passamos muitas horas no monte, mas vai nos questionar e nos julgar seguindo o seu grande mandamento do amor.

No decorrer deste texto vamos aprender mais e mais sobre esse riquíssimo texto bíblico:

Explicação da Passagem Tive Fome e me Deste de Comer

No livro de Mateus capitulo 25 e verso 34, Jesus disse que a Ele virão pessoas todas as nações e Ele apartará uns dos outros, como o pastor separa as ovelhas dos bodes.

Cristo revela em seguida que porá as ovelhas à Sua direita, mas os bodes serão reunidos à esquerda. Então o Rei dirá aos que estiverem à Sua direita: 

“Vinde, benditos de meu Pai, possuí por herança o reino que vos está preparado desde a fundação do mundo.” (Mateus 25: 34)

Então o Senhor Jesus irá explicar a razão das ovelhas serem benditas e receberem a herança que Ele preparou desde a fundação do mundo: 

“Porque tive fome, e destes-me de comer; tive sede, e destes-me de beber; era estrangeiro, e hospedastes-me; estava nu, e vestistes-me; adoeci, e visitastes-me; estive na prisão, e fostes ver-me.”(Mateus 25:35-36).

Os que estarão à Sua direita perguntarão quando isso aconteceu e é interessante isso, já que ninguém se lembra de ter visto Jesus preso, doente, nu, com fome ou sede.

Pois bem. Jesus respondeu às Suas ovelhas e disse: 

“Em verdade vos digo que quando o fizestes a um destes meus pequeninos irmãos, a mim o fizestes.”(Mateus 25:40).

Todas as vezes que socorremos os mais humildes, os pobres, os que estiverem precisando de uma palavra de apoio ou de consolação, é a Jesus que estamos fazendo.

Quem são os pequeninos irmãos de Jesus?

Convivemos com pessoas que, estão enfrentando sérios problemas familiares, financeiros, profissionais ou de saúde. E estes são os pequeninos irmãos de Jesus.

Mas o grande problema é que mesmo percebendo estas pessoas nós nem sempre nos dispomos a socorrer, ajudar, tomar as dores sobre nós.

O pior são os que além de não ajudar, ainda humilham, desprezam, furtam e condenam!

Fato é que Jesus considera os pequeninos irmãos como se fossem Ele próprio e recompensará os que agirem com humanidade, da mesma forma como condenará os que não o fizerem.

João, o Apóstolo do Amor, chama de mentiroso aquele que diz que ama a Deus mas despreza o seu irmão:

“Se alguém disser: “amo a Deus” mas odeia o seu irmão, é um mentiroso, pois, quem não ama a seu irmão, a quem vê, a Deus, a quem não vê, não poderá amar. “ (João 4:20)

A vida eterna depende de como é colocado em prática o mandamento do amor ao próximo; é o amor que nos une, nos faz filhos de Deus e herdeiros da vida que não se acabará jamais.

Porque Tive Fome e me Deste de Comer – Esboço para Pregação

Porque tive Fome e me deste de Comer
Porque tive Fome e me deste de Comer

Introdução

Amados muitos hoje em dia falam em servir a Deus, mas pensam que servir a Deus é simplesmente ir à igreja, frequentar os cultos, cantar louvores e ouvir a mensagem…

Mas Jesus mostrou que servir a Ele é servir ao necessitado que está ao nosso lado e à nossa volta, carentes de toda a assistência.

Desenvolvimento

Para cada necessidade do homem, o Senhor tem um tratamento e uma solução; Cabe à igreja ministrar esse tratamento e essa solução, e fazendo-o, estará servindo ao Senhor Jesus, o nosso Rei.

As Necessidades Espirituais das pessoas no mundo de hoje são basicamente seis e estão reveladas neste texto, veja abaixo:

1: Tive fome

As pessoas entram na igreja famintas, até porque no mundo não há alimento, só a Palavra Revelada alimenta o coração do homem.

E aqui quero ressaltar o motivo desses pequeninos não ‘firmarem’ nas Casas de Deus.

O verdadeiro problema é que as Igrejas ao invés de servir Filé Mignon estão servindo Lavagem aos famintos! Isto é muito serio.

Porém o Senhor está chamando uma nova geração para resolver este problema, portanto se você é um dos escolhidos para mudar esta realidade quero lhe instruir na direção correta.

O grande erro dos pregadores de hoje é não investir em capacitação, conhecimento e estudo. Por consequência vemos igrejas repletas de heresias e falsas crenças.

E quando muitos obreiros buscam por cursos teológicos e outros estudos, estes cursos são Ministrados por pessoas  muitas vezes enganadas pelo inimigo que ensinam o errado como se fosse correto.

Mas graças ao glorioso nome de Jesus, o Senhor levantou um verdadeiro servo de Deus e o instruiu na criação do Curso Pregador Qualificado.

O pregador qualificado é um curso 100% online e bíblico que tem como principal objetivo capacitar e formar excelentes pregadores da Palavra.

Você pode saber mais a respeito do curso Pregador Qualificado clicando aqui.

2: Tive sede

Em todos os lados vemos pessoas com sede!

A sede da alma, a ansiedade, a falta de fé e esperança é um problema real. O homem precisa ouvir a voz do Senhor.

A operação do Espírito Santo através dos dons espirituais deve fluir na igreja abundantemente, para que o necessitado seja saciado.

3: Era estrangeiro

Muitos homens de hoje vivem sem pátria, sem lugar de descanso, são nômades, vagando sem rumo ou direção.

Nós na Igreja devemos providenciar morada para aqueles que vêm de fora, um ninho de amor, um lugar seguro, onde ele encontre proteção, assistência, um abrigo contra as calamidades deste mundo.

4: Estava nu

Estava no pecado, sem vestes de salvação, como Adão, caído, sem a cobertura do Cordeiro.

Só o Sangue do Cordeiro pode cobrir a nudez do homem, dando-lhe vida nova, o novo nascimento, para que possa descobrir o Projeto Eterno do Altíssimo.

É função da igreja levar os que se acham nesta situação, a uma experiência verdadeira com o Senhor Jesus.

5: Adoeci

Porque estamos parando com a assistência na enfermidade?

Seja física ou espiritual, na fraqueza da fé, nos momentos de desânimo, de murmuração, quando se acha desnutrido e só. O Grupo de Assistência deve continuar com as visitas e orações.

6: Estive na Prisão

Estes são os casos mais sérios, as opressões, por haver cometido coisas erradas, por estar em condenação, etc.

Nestes casos devemos levar Jesus como advogado;

Há pessoas que já chegam na igreja presas a vícios, às drogas, ao mundo, à carne, e não há barreiras ou grades que Jesus não possa libertar.

Conclusão

Ser justo, servir ao Senhor e operar a Salvação é trabalhar na sua Obra com amor, é guardar Jesus, é assistir e atender aos pequeninos nas suas necessidade, para que também se tornem justos pelo sangue de Jesus e vão para a Vida Eterna.

Ei! Abra seus olhos e observe que Jesus está mais próximo do que você imagina!

Jesus habita em mim, em você e em todas as pessoas. Você tem acolhido, amado e tratado Jesus como ele  merece?

Powered by Rock Convert

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

2 Comentários

  1. Paulo disse:

    Com esse artigo vemos que para fazer obra de Deus não se precisa de diplomas, basta querer fazer o bem para a glória de Deus e assim será feito!

    Que esse artigo venha fazer com que todos nós paremos para pensar e refletir!