Jesus é a Verdade que Liberta ─ Esboço e Estudo Bíblico

Tempo de leitura: 6 min

Escrito por Tyago Rodrigues
em 19/05/2021

Compartilhe agora mesmo:

Com certeza você conhece, ou pelo menos já ouviu falar da expressão “Jesus é a Verdade que Liberta. Esta frase foi embasada no versículo registrado em João 8: 32 que diz o seguinte: “E conhecereis a verdade e a verdade vos libertará!”

Caso você não queira ou não possa ler, assista ao vídeo desta aula e artigo:

INTRODUÇÃO:

Este é o início da pregação…

É importe reafirmar que a liberdade de que Jesus está falando aqui não é liberdade política ou liberdade física, mas sim liberdade espiritual. Esta é a verdadeira liberdade que só Jesus pode dar!

Durante o ministério terreno de Cristo, Ele fez muitas declarações polemicas, até para Seus discípulos mais próximos – declarações que resultaram em confusão, frustração e até mesmo discussão entre os líderes religiosos.

Em João 8 por exemplo, Jesus provocou um conflito com os judeus que terminou com uma tentativa de apedrejá-lo. 

O Mestre disse-lhes: “…Se vós permanecerdes na minha palavra, verdadeiramente sereis meus discípulos; E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará.” (João 8: 31-32).

TOPICOS:

são as divisões lógicas do assunto…

O que de fato é esta verdade que liberta?

Pilatos fez uma pergunta contundente a Jesus no texto de João 18: 38. Ele questionou: “O que é verdade?” 

Filósofos lutaram e continuam a lutar com esse conceito por milênios. Mas e quanto a nós cristãos cheios da revelação dada pelo Espirito Santo: Como definimos corretamente esta tal verdade que dói mas liberta?

Amado, a verdade vem de Deus, em primeiro lugar.  O grande fato é que a verdade ensinada pelos filósofos não tem o mesmo poder e efeito quanto a verdade que vem do Senhor.

Em segundo lugar, a verdade tanto cura como nutre os corações daqueles que a recebem! Somente quando descobrimos a verdade sobre algo, podemos iniciar o processo de cura e crescimento. 

A verdade que liberta também tem um efeito nutritivo, você já notou ao virar as páginas das Escrituras o sentimento de que seu coração reviveu, especialmente quando você tropeça em uma nova verdade? 

Isso ocorre porque as palavras de Deus, a voz da verdade, restauram e reabastecem os corações de nós homens.

A verdade que Cristo nos ensina tende a tornar os homens livres, isso está escancarado também em Isaias 61: 1

A justificação nos liberta da culpa do pecado e a santificação nos torna livres da escravidão da corrupção. A verdade do evangelho nos liberta do jugo da lei e dos fardos das tradições de nossos anciãos. 

Sem mencionar que a verdade torna-nos livres de nossos inimigos espirituais. Enfim, o conhecimento desta verdade realmente nos torna livres, livres de preconceitos, erros e falsos ensinos.

A verdade dói mas Liberta

Porque afirmamos biblicamente que a verdade primeiro dói na carne para depois nos libertar em espirito?

Pega esta revelação: Jesus em João 8: 32 nos deu 2 passos para a verdadeira liberdade e não apenas 1 como a maioria dos crentes observam.

Cristo nos ensina que o passo número 1 é: ‘conhecer a verdade’ e o passo 2 é: ‘obedecer e praticar a verdade conhecida para que esta o liberte’!

Aqui recebemos duas informações importantes sobre essa verdade libertadora: Conhecer e até crer não é a mesma coisa que obedecer a verdade para que esta o liberte!

Por isso é que as igrejas estão lotadas de crentes aprisionados espiritualmente. Porque praticar a verdade dói! Andar em obediência é algo que machuca a carne.

Os judeus tinham ouvido Jesus falar, e João registra que eles até “creram Nele” (João 8:31). Mas Jesus deu um passo adiante, aplicando o teste do verdadeiro discipulado: a obediência. 

Notamos nesta passagem que podemos realmente acreditar no que Cristo diz e em quem Ele é e ainda assim não experimentarmos a liberdade.

Conhecer e crer é apenas o passo inicial, o ‘start dado no espirito’! Para ser liberto é preciso não apenas saber da verdade, mas praticar e obedecê-la. 

Jesus é a Verdade que Liberta

Jesus é a verdade que vos libertará

Vários capítulos depois, João registra outra declaração profunda a respeito de Jesus, vamos ler juntos?

“Eu sou o caminho, a verdade e a vida. Ninguém vem ao Pai senão por mim” (João 14: 6).

“A verdade” é mais do que conhecimento sobre Cristo; é o próprio Cristo. Jesus está dizendo: – Filho você Me conhecerá, morrera para suas vontades carnais e Eu o libertarei! 

Mas talvez você esteja se questionando: – Tá, mas Libertar-me de quê?

Para os judeus, liberdade significava libertação de seus opressores romanos. Na verdade, muitos pensaram que o Messias viria como um rei conquistador com esse propósito expresso.

O erro é compreensível. Imagine ó: Um povo dominado no aguardo de um Messias esperaria que a liberdade nesse sentido ao menos fizesse parte do plano. 

Hoje de maneira parecida, muitas pessoas erroneamente acreditam que a liberdade é o direito de fazer o que quiserem, sem sujeição a nenhuma autoridade fora de seus próprios caprichos.

Ambas as ideias perdem o conceito da verdadeira liberdade! Jesus explicou o que chamo de ‘a verdadeira liberdade’ no versículo seguinte:  “… todo aquele que pratica o pecado é escravo do pecado” (João 8:34).

O pecado nos escraviza e condena… Só Jesus pode nos libertar disso: a dominação e a condenação do pecado.

Nossa natureza pecaminosa significa que temos desejos pecaminosos que clamam nossa atenção e governam nossas decisões – desejos que acabarão nos levando à morte física e espiritual

Não há liberdade nesse caminho; qualquer liberdade que pensamos ter é uma ilusão destinada a nos desencorajar de buscar a liberdade real que somente Cristo pode dar.

CONCLUSÃO:

A conclusão será o ápice da mensagem, o fechamento…

Um exemplo bíblico de verdade e liberdade

No início deste mesmo capítulo em João, Jesus encontrou uma mulher que havia sido apanhada no próprio ato de adultério e a mesmo foi apresentada a Ele para julgamento (João 8: 1-11). 

Os escribas e fariseus esperavam enganar Jesus, fazendo-o dizer algo que eles pudessem acusá-lo oficialmente, mas Ele (como sempre) manteve o controle da situação e nos ilustrou uma bela imagem de liberdade espiritual.

Quando eles lembraram a Jesus que a Lei exigia que ela fosse apedrejada, Sua resposta foi simplesmente: “Qualquer um de vocês que não tenha pecado seja o primeiro a atirar pedra nela”  (João 8: 7).

Essa declaração simples lembrou a esses homens religiosos e cultos que todos viviam sob a mesma escravidão do pecado que aquela mulher.

Quando todos os seus acusadores se retiraram, Jesus falou duas coisas com ela: “Então nem eu te condeno.” (Liberdade da condenação do pecado) e “Vá e deixe sua vida de pecado.” (Liberdade da dominação do pecado)

Não nos é dito o que aconteceu com ela depois disso, mas não acredito que sua vida foi a mesma após este dia!

APELO:

AQUI VOCê COMO AUTORIDADE ESPIRITUAL IRÁ SELAR ESTA SEMENTE LANÇADA AO CORAÇÃO DO OUVINTE…

Uma breve oração para selar esta Mensagem: A verdade que liberta

Existe uma única verdade: a que vem de Deus, que ilumina e liberta, a verdade que nos arranca da escuridão do mal e nos coloca na presença do verdadeiro bem, que é Deus.

Deixemo-nos ser libertos e salvos por Jesus, libertos no verdadeiro e bom sentido da libertação.

Que a Palavra d’Ele permaneça em nós e nós permaneçamos n’Ele, porque é Jesus quem, verdadeiramente, nos salva e liberta, oremos juntos:

Querido Senhor, eu te louvo por sua santidade. Todos os seus caminhos são bons, corretos e verdadeiros. 

Em nosso mundo infiel, somente você nos oferece a verdade. 

Abra meus olhos para entender sua verdade e aplicá-la à minha vida. Oro por um amor renovado pela Tua Santa Palavra, onde se encontra a verdade que nos liberta. 

Em Nome de Jesus, Amém.

Compartilhe agora mesmo:

Você vai gostar também:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta


*


*


2 Comentários

  • SONIA MARIA VIEIRA SANTIAGO disse:

    Obrigada pelo esboço , gosto muito de estudar a bíblia ,dessa forma consigo aprender um pouco mais, meu desejo é um dia pregar a palavra..tudo na direção de Deus..

    1. Eu quem super agradeço o feedback Maria, que benção. O Senhor com certeza irá honrar este desejo que esta frutificando em seu coração.