Davi e Golias: A arte de Enfrentar Gigantes
Davi e Golias (I Samuel 17.37-50)

A histórica batalha entre Davi e Golias é uma das mais conhecidas e populares, não apenas da Bíblia, mas de todo o mundo.

A disposição de um jovem pastor de ovelhas para enfrentar um soldado gigante e experiente, não passaria de uma atitude louca, caso Davi não tivesse vencido.

Quero compartilhar contigo este esboço para pregação impactante e também analisar com você quais atitudes de Davi podem ser replicadas em nossas vidas, de forma que possamos alcançar resultados tão extraordinários como ele.

Introdução: A Coragem de Davi

Ao ver Davi enfrentando um tal de Golias com quase 3 metros de altura ficamos impressionados com sua coragem.

Parece que ele não sabia o risco que corria. E não sabia mesmo. Sua fé era tão grande que não considerou o perigo. Só pensava na grandeza de seu Deus.

Sua motivação era defender seu povo, por isso sua ousadia e coragem foram maiores que aquele gigante.

Assim como Davi, nós também enfrentamos gigantes em nossas vidas…

O que é um gigante?

São situações maiores do que nós. Um problema que parece que não vamos alcançar de tão alto acima de nós.

Vamos aprender com Davi como enfrentar problemas maiores do que nós:

Davi lembrou de suas vitórias anteriores [Leão e Urso]: v.37

A memória de Davi o ajudou neste momento. Ele se lembrou das vezes que enfrentou ursos e leões para defender o rebanho de ovelhas de sua família.

Para ele um homem não seria nada comparado à ferocidade de um leão e à força de um urso. A mesma energia que o invadiu quando viu suas ovelhas sendo atacadas por um urso ou leão, voltou ao seu coração neste momento em que tinha de enfrentar Golias.

Se ele pensasse nos arranhões e talvez mordidas que recebeu nestes combates anteriores, certamente desanimaria. Mas, não se importou com as cicatrizes que por acaso tivesse.

Estava concentrado na vitória. Vencer era seu único foco!

Essa ‘situaçãozinha’ não se compara aos ‘problemões’ que você já venceu

Assim como Davi, precisamos colecionar vitórias. Sempre lembrar as bênçãos que recebemos é um exercício que fortalece nossa fé.

Pare de lembrar e contar derrotas e problemas. Comece a falar das bênçãos que já recebeu do Senhor e mais você receberá.

Seu coração vai se encher de fé e coragem para enfrentar e vencer tudo! Você se lembra de alguma vitória que Deus te deu?

Conte as bênçãos e tenha fé na próxima vitória!

Davi foi ele mesmo: v.38-40

Um grande erro de homens e mulheres de Deus é perder sua identidade, não ser verdadeiro. Copiar o que os outros fazem é um exemplo disso.

Às vezes queremos mostrar algo que não somos e por isso caímos em grande perigo.

Davi foi chamado para tomar precauções antes do combate. Queriam que ele usasse uma armadura de guerra. Mas ele nem sabia o que era isso. Até tentou usar, mas viu que não daria.

Se ele tivesse um espelho ali, olharia e acharia bonito, mas veria que aquela armadura não combinava com ele.

Talvez Davi fosse tentado a se ver como um guerreiro do exército real, contudo ele sabia que não era isso que ele era, pelo menos por enquanto.

Um dia seria um guerreiro do exército, sim, mas ainda não era a hora. Por isso Davi deixou aquela armadura pra lá e foi revestido de sua confiança em Deus.

Pode tudo e todos dizerem que você não irá conseguir… Mas creia!

O rei, os soldados, o povo, os familiares e até o gigante olhavam para Davi e o viam fraco, porém Deus e o próprio Davi olhava para dentro de si e via uma grande fé, uma força enorme capaz de vencer.

Ao enfrentar um gigante não caia na armadilha de vestir armaduras que não são suas, apenas para parecer grande ou um pouco maior do que você é.

Seja você mesmo. Pequeno ou fraco. Não importa. O que vale é o que está dentro de seu coração.

Não se preocupe com o que os outros pensam de você e sim com o que você sabe e com o que Deus te disse. Não importa como os outros te vêm e sim com Deus te vê.

Você tem se escondido atrás de armaduras? Cuidado, seja autêntico, você é capaz!

Davi confiou em Deus: v.46,47 e 50

Davi não confiou no grande exército do rei Saul, em seus irmãos e nem em si mesmo dizendo-se capaz.

O tempo todo Ele só declarou palavras de fé em Deus. Ele dizia que “o Senhor te entregará nas minhas mãos” (v.46,47) e não que por sua força venceria o gigante.

Sua confiança em Deus é tão grande que foi desarmado, pois “não havia espada na mão de Davi” (v.50).

Muitos cristãos pedem a Deus uma bênção e ao alcançarem um pouco de prosperidade começam a ficar arrogantes e se achando sabidos. Isso é um engano.

Não podemos confiar em nós mesmos. Um gigante terrível que tem derrubado muitos servos de Deus é o orgulho. Foi por ser orgulhoso que satanás caiu do céu (Isaías 14.12).

Para enfrentar os gigantes da vida, precisamos saber que não estamos sozinhos e que nosso Deus é maior do que tudo.

Se formos para a guerra confiando apenas em nossos recursos e capacidade, voltamos derrotados.

Se lutarmos com esperança em Deus sempre seremos vencedores!

Você tem confiado em Deus ou em sua capacidade? Melhor que autoconfiança é a confiança em Deus!

Conclusão: Você pode vencer um gigante!

Assim com Golias se levantou contra Davi, os gigantes se levantam diante de nós, mas caem perante a grandeza de Deus.

Não se esqueça das bênçãos que recebeu de Deus. Elas te preparam para como uma escada de um pódio, receber uma vitória de cada vez até ser totalmente vencedor.

Também seja autêntico, reconheça seus limites e capacidades. Não copie os outros. Faça o que Deus colocar em seu coração mesmo que ninguém entenda.

Além disso, tome cuidado com excesso de autoconfiança e o erro de colocar sua esperança nos outros para não se decepcionar.

Powered by Rock Convert

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!