Continua após a publicidade...

Será que podemos extrair um bom esboço de pregação e valiosas lições ao estudarmos a igreja de Sardes? Sim, é por isso mesmo estamos aqui!

A verdade é que os comportamentos negativos evidentes naquela igreja parecem estar cada vez mais presentes nos dias atuais.

Portanto, com o intuito de alertar a igreja atual sobre essas tendências que resultaram em repreensão naquela época, decidi redigir este estudo para apresentar as lições que podemos aprender com a igreja de Sardes.

Continua após a publicidade...

Esboço de Pregação sobre a Igreja de Sardes

Contextualização da igreja de Sardes

Primeiramente, é essencial compreender o contexto histórico e espiritual dessa igreja para que possamos extrair lições relevantes para nossas vidas hoje.

A igreja de Sardes estava localizada na cidade de Sardes, uma cidade próspera e influente, porém, espiritualmente negligente.

Continua após a publicidade...

Em meio a uma aparência de uma boa vida espiritual, a igreja de Sardes enfrentava uma condição preocupante: “tinha fama de estar viva, mas estava morta.”

Irmãos, este versículo é um chamado à reflexão para a nossa própria vida e para as nossas igrejas.

Continua após a publicidade...

Será que estamos apenas mantendo uma aparência de espiritualidade, enquanto nossos corações estão distantes do Senhor?

Será que estamos vivendo apenas da reputação do passado, sem um genuíno avivamento no presente?

As Palavras de Jesus à igreja de Sardes

As palavras do Senhor à igreja de Sardes podem ser encontradas no Livro de Apocalipse, capítulo 3 e versículos 1 a 6. Vou reproduzi-las abaixo:

¹ Ao anjo da igreja em Sardes escreva: Estas são as palavras daquele que tem os sete espíritos de Deus e as sete estrelas. Conheço as suas obras; você tem fama de estar vivo, mas está morto.
² Esteja atento! Fortaleça o que resta e que estava para morrer, pois não achei suas obras perfeitas aos olhos do meu Deus.
³ Lembre-se, portanto, do que você recebeu e ouviu; obedeça e arrependa-se. Mas se você não estiver atento, virei como um ladrão e você não saberá a que hora virei contra você.
⁴ No entanto, você tem aí em Sardes uns poucos que não contaminaram as suas vestes. Eles andarão comigo, vestidos de branco, pois são dignos.
⁵ O vencedor será igualmente vestido de branco. Jamais apagarei o seu nome do livro da vida, mas o reconhecerei diante do meu Pai e dos seus anjos.
⁶ Aquele que tem ouvidos ouça o que o Espírito diz às igrejas.

Apocalipse 3:1-6

Nessas palavras, o Senhor revela Sua percepção da situação espiritual da igreja de Sardes.

Ele adverte que, apesar daquela igreja ter uma reputação de uma vida espiritual abundante, na realidade, estava espiritualmente morta.

No entanto, apesar das falhas da igreja, o Senhor destaca que ainda há alguns fiéis em Sardes, pessoas que não contaminaram suas vestes espirituais, ou seja, mantiveram-se puros e fiéis a Ele.

Para esses, o Senhor promete vestes brancas, símbolo de pureza e santidade, e a certeza de que seus nomes não serão apagados do Livro da Vida.

Além disso, Ele declara que confessará o nome desses vencedores diante do Pai e dos anjos celestiais.

O que Jesus quis dizer com: “tem fama de estar vivo,  mas está morto?”

O que Jesus quis dizer com: “tem fama de estar vivo, mas está morto?”

Quando Jesus diz à igreja de Sardes que eles têm “fama de estarem vivos, porém estão mortos“, Ele está apontando para a contradição entre a aparência externa da igreja e sua realidade espiritual interna.

Em outras palavras, a igreja tinha uma reputação de ser espiritualmente ativa, mas, na verdade, estava espiritualmente caída.

Essa declaração indica que a igreja de Sardes possuía uma fachada de piedade e devoção, mas não havia uma genuína experiência de vida com Deus.

As pessoas talvez os reconhecessem como uma igreja vibrante, com atividades religiosas aparentemente incríveis, mas o verdadeiro fervor espiritual e relacionamento com Deus estavam ausentes.

Essa é uma advertência poderosa para todas as igrejas e para nós como filhos do Eterno.

Às vezes, podemos nos tornar complacentes, apegando-nos a tradições vazias ou cumprindo ritos religiosos sem uma verdadeira conexão com Deus.

Podemos estar enganando a nós mesmos e aos outros, fazendo parecer que estamos cheios de vida espiritual, quando, na realidade, nossos corações estão distantes do Pai.

A mensagem de Jesus para a igreja de Sardes é um chamado ao arrependimento e ao retorno ao verdadeiro relacionamento com Ele.

Ele os convida a despertar da frieza espiritual, a se arrependerem de suas práticas negligentes e a buscar uma vida autêntica em comunhão com Deus.

Uma vida longe dos princípios do evangelho nos traz morte espiritual

Uma das principais lições que podemos aprender com a igreja de Sardes é que uma vida distante dos princípios do Evangelho e do relacionamento íntimo com Deus resulta em morte espiritual.

Quando permitimos que nossa fé se torne superficial, focando apenas em aparências externas e tradições vazias, corremos o risco de nos distanciar de Deus e perder a vitalidade espiritual.

Uma vida longe dos princípios do Evangelho pode levar a um coração endurecido, à negligência do amor ao próximo, à busca desenfreada por coisas materiais e a uma indiferença espiritual.

A ausência de uma comunhão profunda com o Senhor e uma prática constante dos ensinamentos de Jesus podem nos levar a um estado de morte, onde nossa fé se torna inoperante e sem frutos.

Portanto, a igreja de Sardes nos ensina a importância de manter um relacionamento vivo e dinâmico com Deus, alimentado pela leitura da Palavra, pela oração e pelo Espírito Santo.

Essa é a chave para mantermos nossa vitalidade espiritual e nos tornarmos verdadeiras testemunhas do amor e do poder de Deus no mundo.

Exortação do Senhor para Sardes lembrar do que ela tinha recebido

A exortação do Senhor à igreja de Sardes envolve três elementos fundamentais:

³ Lembre-se, portanto, do que você recebeu e ouviu; obedeça e arrependa-se. Mas se você não estiver atento, virei como um ladrão e você não saberá a que hora virei contra você.

Apocalipse 3:3
  1. Lembrar-se: O Senhor os chama a lembrar daquilo que tinham recebido, provavelmente se referindo aos ensinamentos, à verdade do Evangelho e à fé que eles inicialmente abraçaram. Lembrar-se do que foi aprendido e recebido é importante para manter-se fundamentado na fé genuína e evitar a derivação em direção a caminhos errados.
  2. Obedecer: Além de lembrar, o Senhor os exorta a obedecer aquilo que receberam. Isso significa não apenas relembrar o conhecimento, mas aplicá-lo em suas vidas diárias, obedecendo aos mandamentos de Deus, mantendo-se fiel aos princípios do Evangelho e cultivando um relacionamento íntimo com Ele.
  3. Arrepender-se: A exortação final é a de arrependimento. O Senhor chama a igreja de Sardes a reconhecer seus erros, seus desvios espirituais e a falta de zelo em seu relacionamento com Ele. O arrependimento genuíno implica em mudança de atitude e de comportamento, voltando-se para Deus em busca de renovação e restauração.

Essa tríade de lembrar, obedecer e arrepender-se é uma chamada ao retorno à pureza e vitalidade espiritual.

Esteja preparado e vigilante espiritualmente pois em breve veremos o retorno de Cristo

A advertência do Senhor à igreja de Sardes, de que Ele viria como um ladrão caso não houvesse arrependimento, ressalta a importância de estarmos sempre preparados e vigilantes espiritualmente.

Assim como um ladrão pode entrar inesperadamente em uma casa sem que os moradores estejam preparados, o retorno de Cristo também acontecerá em um momento inesperado e desconhecido.

Portanto, é essencial que estejamos sempre vigilantes e prontos para o Seu retorno.

Conclusão do Esboço de Pregação

Assim, meus amados, que essa mensagem da igreja de Sardes seja um alerta para nossas próprias vidas.

Eu oro para que sejamos verdadeiros adoradores, buscando a santidade e a intimidade com Deus diariamente. Que nossas obras sejam íntegras na presença do nosso Senhor.

Que jamais negligenciemos a chama da fé, mas estejamos sempre vigilantes, prontos para acolher o avivamento e a renovação do Espírito.

E que possamos ser um testemunho vivo do amor e do poder de Cristo em nossas vidas, para que o mundo veja a luz de Deus brilhando em nós. Amém!

Sobre o Autor

Tyago Rodrigues
Tyago Rodrigues

Me chamo Tyago Rodrigues e sou totalmente apaixonado pelo reino de Deus e sua obra! O que queima em meu coração? Levar o Evangelho libertador às pessoas, através do ensino da Palavra de Deus, e é isso que tenho feito!

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *