O que significa o Cantar do Galo na Bíblia: Um Símbolo de Alerta

Por Tyago Rodrigues 8 Min de Leitura

O cantar do galo é um som característico de muitas manhãs ao redor do mundo. Na bíblia, o cantar do galo é mencionado em uma história que muitos cristãos conhecem.

Mas qual é o verdadeiro significado dessa história e o que podemos aprender com ela?

Neste artigo, vamos explorar o significado do cantar do galo na bíblia e descobrir por que essa história ainda é relevante hoje em dia.

O que significa o Cantar do Galo na Bíblia

Em que texto bíblico se encontra a passagem do Cantar do Galo?

A passagem do cantar do galo pode ser encontrada em três dos quatro evangelhos sinóticos da Bíblia Sagrada – Mateus 26:34, Marcos 14:30 e Lucas 22:34.

Para esclarecer a historia vamos usar o versículo conforme escreveu Lucas, vejamos abaixo:

- Publicidade -

Mas ele disse: Digo-te, Pedro, que não cantará hoje o galo antes que três vezes negues que me conheces.

Lucas 22:34

A história começa na noite em que Jesus foi preso. Pedro, um dos seus discípulos, havia seguido o Mestre até o pátio do sumo sacerdote.

Enquanto Jesus estava sendo interrogado, Pedro estava lá fora, sentado com os servos e guardas.

Uma das pessoas que estava ali reconheceu Pedro como um dos discípulos de Jesus e disse: “Este também estava com ele”.

Mas Pedro negou, dizendo: “…Não, eu não o conheço”. Pouco depois, outra pessoa o reconheceu e disse: “Você também é um deles”. E Pedro negou novamente.

Pedro foi questionado três vezes se conhecia Jesus e negou conhecê-lo todas as três vezes.

- Publicidade -

Pouco tempo depois, o galo cantou. E então, segundo a bíblia, Pedro se lembrou das palavras de Jesus: “Antes que o galo cante, você me negará três vezes”.

Pedro ficou muito triste e saiu dali chorando amargamente.

Que galo ou que canto do galo foi esse referido por Jesus? Isso aconteceu com um galo literal?

O cantar do galo na bíblia é uma história intrigante e cheia de significado, mas muitas vezes nos perguntamos se ela foi literal ou apenas simbólica.

Será que um galo realmente cantou naquela ocasião?

Embora não haja uma resposta clara e definitiva para essa pergunta, muitos estudiosos acreditam que a história do cantar do galo foi de fato literal e outros dizem que o cantar do galo ouvido foi algum tipo de som feito por uma trombeta.

O que cantou, um Galo ou uma Trombeta?

Essa é uma questão que tem gerado muita controvérsia ao longo dos séculos. Alguns estudiosos afirmam que o que foi ouvido era na verdade uma trombeta, e não o canto de um galo.

No entanto, a maioria dos teólogos afirmam que foi realmente o canto de um galo que foi ouvido naquele momento.

Não desejo fazer o papel de juiz aqui, determinar a visão certa e a errada quanto a esta passagem (muitos já fazem isso na internet), mas irei expor o porque que muitos atribuem o cantar do galo na bíblia ao som de uma trombeta.

Na época de Jesus a troca de turno dos soldados romanos era anunciada com o toque de trombeta.

Historiadores afirmam que no contexto histórico da passagem os guardas romanos serviam 24 horas por dia.

Para isso, trocavam de turno 4 vezes ao dia, afim de que enquanto uns descansavam e dormiam, outros estavam a serviço e vice versa.

- Publicidade -

Essa troca de turno era anunciada com um toque de trombeta que, em latim, chamava-se gallicinium que, traduzindo para o português, significa: “o cantar do galo ou o canto do galo”.

No Exército Brasileiro, por exemplo (só para ilustrar), o amanhecer é anunciado com um toque conhecido como “o Toque da Alvorada”.

Na época de Jesus, como mencionamos, a troca de turno era anunciada com o gallicinium, conhecido como: alektorophonia, “ou o cantar do galo“.

Mas, independentemente dessa história ter sido literal ou simbólica, o que importa é o significado por trás dela.

O cantar do galo na bíblia é um lembrete poderoso da importância da fidelidade e da necessidade de aprender com nossos erros!

Por isso, não importa se a história do cantar do galo foi literal ou não. O que importa é que ela continua a inspirar e desafiar-nos a viver com fidelidade e humildade!

O significado do cantar do galo na Bíblia

O significado do cantar do galo na Bíblia

Então, o que significa o cantar do galo na bíblia? O cantar do galo na história de Pedro é um símbolo de alerta.

Foi um lembrete para Pedro de que ele havia negado Jesus três vezes, como Jesus havia previsto. O cantar do galo foi um som que trouxe arrependimento e tristeza a Pedro.

Hoje em dia, o cantar do galo ainda é um símbolo de alerta para muitas pessoas. Pode ser um lembrete para nós de que precisamos prestar mais atenção às nossas ações e palavras.

Pode nos lembrar de que precisamos ser fiéis às nossas crenças e valores, mesmo quando a situação parece ser difícil.

- Publicidade -

Como podemos aplicar esse texto bíblico em nossas próprias vidas?

A história do cantar do galo carrega muitas lições que podemos aplicar em nossas próprias vidas. Aqui estão algumas delas:

1. Seja fiel às suas crenças e valores

Pedro negou Jesus porque estava com medo. Ele tinha medo de ser preso ou morto, então negou que conhecia Jesus. Mas quando o galo cantou, ele percebeu que havia falhado em sua fidelidade ao Senhor.

Podemos aplicar essa lição em nossas próprias vidas, lembrando-nos de que devemos permanecer fiéis às nossas crenças e valores, mesmo quando enfrentamos desafios ou medos.

2. Aprenda com seus erros

Pedro cometeu um erro ao negar Jesus três vezes. Mas ele aprendeu com esse erro e se arrependeu amargamente.

Podemos e devemos fazer o mesmo em nossas próprias vidas, aprendendo com nossos erros e nos esforçando para não repeti-los.

3. Ouça sua consciência

Quando o galo cantou, Pedro soube imediatamente que havia falhado em sua fidelidade a Jesus. O som do galo foi um lembrete poderoso para ele.

Podemos ouvir nossa própria consciência como um lembrete para permanecermos fiéis aos nossos valores e crenças.

Conclusão

O cantar do galo na bíblia é um símbolo poderoso usado para lembrar-nos da importância da fidelidade às nossas crenças e valores, e da necessidade de aprender com nossos erros.

A história de Pedro nos mostra que mesmo aqueles mais próximos de Jesus ainda são suscetíveis a falhas, mas que o perdão e a redenção são sempre possíveis.

Se você quer saber mais sobre os significados e simbolismos da bíblia, continue estudando e se aprofundando em suas leituras.

- Publicidade -

Afinal, a bíblia é uma fonte rica e inspiradora de sabedoria e orientação espiritual.

Compartilhe Este Artigo
Follow:
Me chamo Tyago Rodrigues e sou totalmente apaixonado pelo reino de Deus e sua obra! O que queima em meu coração? Levar o Evangelho libertador às pessoas, através do ensino da Palavra de Deus, e é isso que tenho feito!
Deixe um comentário