A gloriosa recompensa de se ter um coração puro é poder ver a Deus, tanto nesta vida, pela fé, quanto na vindoura, por isso: “bem aventurados os puros de coração, porque eles verão a Deus”.

Ah, vou deixar para você a passagem bíblica onde Jesus Cristo nos chama a ser bem aventurados:

Esta bem-aventurança trata da essência do evangelho, como resultado na vida do cristão.

No estudo de hoje, quero destacar três coisas muito importantes que encontramos no texto em questão: coração, pureza e verão a Deus.

Vamos buscar entender qual é o significado bíblico para essas palavras, e quais implicações práticas elas tem na nossa vida. Vamos começar?

Bem aventurados os puros de coração porque verão a Deus

O coração é como se fosse uma gaveta, nele pode-se guardar coisas boas e coisas ruins.

Em Lucas 6:45 lemos: “O homem bom, do bom tesouro do seu coração tira o bem, e o homem mau, do mau tesouro do seu coração tira o mal, porque da abundância do seu coração fala a boca”.

O coração do homem é receptivo a qualquer coisa que se queira guardar dentro dele, seja amor, ódio, bondade, perversidade.

Portanto cabe a cada um de nós, saber o que deixa ou não entrar nele. Somos total responsáveis pelo o que alimentamos no coração.

Quando Jesus diz que bem aventurados os puros de coração, ele se refere àqueles que optaram por alimentar o coração com tudo o que o evangelho diz que é bom.

O que significa ser PURO de coração?

A palavra grega (kázaros) usada nesse texto, tem vários significados para o sentido comum. Costumava ser utilizada para descrever o ouro puro. Usava-se para distinguir o trigo limpo e separado da palha. Também era usada para designar a roupa suja que havia sido lavada.

Já o sentido bíblico para a mesma palavra remete ao que é íntegro, sincero e imaculado.

Repare nas crianças, existe ser humano que mais se encaixa nesse perfil do que elas? Elas representam perfeitamente a pureza, não é a toa que Jesus afirmou que delas é o reino dos céus.

Em Lucas ele diz: “Deixai vir a mim os meninos, e não os impeçais, porque dos tais é o reino de Deus” (Lucas 18:16). 

E ele afirma que aquele que não receber o reino de Deus como menino, não entrará nele. Ou seja, essa pureza é uma condição imprescindível para entrarmos no reino.

Esta é a pureza posicional, a que nos é possível aqui na terra, pela justiça de Cristo operada em nós. Porque na condição de pecadores que somos, jamais chegaremos ao nível da pureza primitiva, que é aquela que só existe em Deus.

Esta última, só quando estivermos glorificados na consumação dos séculos.

Sentido bíblico para CORAÇÃO

Geralmente, quando a bíblia fala de coração, ela não retrata apenas no sentido emocional e afetivo. Na bíblia, “coração” abrange todos os aspectos humano, tanto mental quanto emocional, como pensamentos e desejos. Aliás, é do coração que procedem todos os desígnios, sejam eles maus ou bons.

Portanto, de tudo que o homem tem que guardar, guarda principalmente o coração porque ele é enganoso e perverso, quem o conhecerá (Jeremias 17:9)?

A escuridão ou a luz, ambos habitam o coração, cabe a cada um cultivar aquilo que é bom perante Deus.

É do coração que procede a maldade humana, os homicídios, o adultério, a corrupção, a lascívia e toda sorte de perversidade. Pessoas de coração sujo só produz o que é mal, os que são limpos de coração até a fala é diferente.

Por isso, bem aventurados os puros de coração, bem aventurados os limpos de coração e mente.

A importância de ter um coração puro

Aqui entramos num ponto muito importante. Veja bem, para que o coração do homem se encha de Deus, é necessário primeiro se esvaziar.

Esvaziar da cobiça, da luxúria, da perversidade e da mentira, porque só assim Deus fará morada. Não dá pra ser as duas coisas, ou é um, ou é outro.

Por isso a santidade reconhecida por Deus não é aquela travestida na aparência, como faziam os fariseus. A verdadeira santidade começa com essa assepsia do coração, começa com essa limpeza profunda. A pureza exterior não serve pra nada, a não ser para envaidecimento da carne.

Jesus disse que sem essa pureza no coração não poderemos ver o reino, muito menos entrar nele.

A pureza nos abre os olhos para enxergar a beleza espiritual, nos sensibiliza para a vida. Por isso são bem aventurados os que tem um coração puro, porque eles verão o reino, entrarão nele e acharão morada.

Sem um coração puro ninguém pode ser santo, sem um coração limpo ninguém pode cristão verdadeiro. Sem essa pureza ninguém verá a Deus, sem ser limpo de coração ninguém jamais agradará o Senhor.

Ter um coração puro é o que nos torna parecidos com Ele.

Porque eles verão a Deus

Essa é a maior recompensa de se ter um coração puro: ver a Deus.

Hoje nós o vemos e o percebemos na sua criação, pela fé, mas chegará o dia em que o veremos assim como ele é (1Jo 3:2).

A pureza do coração nos torna transparentes, e assim não tememos andar na luz.

Um coração puro nos dá o direito à cidadania celestial, não por mérito próprio, mas por Deus que nos dá, segundo a sua graça.

Portanto, sem pureza não há céus, sem pureza não há graça, sem pureza não há evangelho, e sem pureza não há Cristo. Isso porque a pureza é resultado do evangelho operando em nós.

A pureza é resultado da palavra penetrada em nossos corações, e que nos faz aquela lavagem de corpo e mente. A pureza é o resultado da cruz como efeito em nossas vidas. Assim sendo, são bem aventurados os puros de coração, porque deixaram se limpar pela palavra.

E isso é o que todo cristão precisa fazer, se deixar limpar pela palavra, pelo evangelho de Cristo.

Você realmente almeja um um Coração Puro diante de Deus

A verdadeira pureza se dá no coração, depois se manifesta no comportamento, no trato, na vivência e convivência.

A verdadeira pureza é fruto do evangelho, por isso, sem evangelho não existe verdadeira pureza. Sem evangelho só é possível a pureza segundo os fariseus.

Por tanto, busquemos a pureza que vem do alto, e deixemos de lado as aparências hipócritas dos fariseus. Sejamos limpos segundo o evangelho, não segundo a religião. A pureza segundo a religião só serve pra jugar aqueles que não se encaixam no seu padrão de pureza.

Por outro lado, a pureza segundo o evangelho nem se quer juga, porque ela é obra de Deus. Aliás, não somos nós que nos limpamos, e sim Deus, pelo sangue de Jesus o Cristo. Amém!

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!