Afogueado: O que é segundo a bíblia

Por 10 Min de Leitura

O que é afogueado segundo a bíblia?

A palavra “afogueado” não é encontrada diretamente na Bíblia, mas é possível encontrar referências a situações que podem ser relacionadas a esse termo. Na Bíblia, o afogueado pode ser entendido como alguém que está fervoroso, inflamado ou apaixonado por algo ou alguém. Neste artigo, iremos explorar diferentes contextos em que o termo afogueado pode ser aplicado, de acordo com as escrituras sagradas.

Afogueado no amor a Deus

Na Bíblia, encontramos diversos exemplos de pessoas que eram afogueadas no amor a Deus. Um exemplo notável é o rei Davi, que expressava sua paixão e fervor por Deus em seus salmos. Davi escreveu no Salmo 42:1-2: “Como a corça anseia por águas correntes, a minha alma anseia por ti, ó Deus. A minha alma tem sede de Deus, do Deus vivo. Quando poderei entrar para apresentar-me a Deus?”. Essa passagem demonstra o desejo intenso de Davi de estar na presença de Deus e de se relacionar com Ele de forma íntima.

- Publicidade -

Afogueado no amor ao próximo

Além do amor a Deus, a Bíblia também nos ensina a sermos afogueados no amor ao próximo. Em Mateus 22:39, Jesus ensina que devemos amar o nosso próximo como a nós mesmos. Esse amor fervoroso ao próximo implica em cuidar, ajudar e demonstrar compaixão pelas pessoas ao nosso redor. O apóstolo Paulo também exorta os cristãos a serem fervorosos no amor fraternal, como está escrito em Romanos 12:10: “Amai-vos cordialmente uns aos outros com amor fraternal, preferindo-vos em honra uns aos outros”.

Afogueado no serviço a Deus

Outro aspecto em que podemos ser afogueados é no serviço a Deus. Na Bíblia, encontramos exemplos de pessoas que dedicaram suas vidas ao serviço do Senhor com fervor e paixão. Um exemplo é o profeta Elias, que demonstrou um zelo intenso pelo Senhor ao confrontar os profetas de Baal no monte Carmelo, como descrito em 1 Reis 18. Elias estava tão afogueado no serviço a Deus que não mediu esforços para mostrar ao povo de Israel a verdadeira adoração.

Afogueado no combate ao pecado

A Bíblia também nos exorta a sermos afogueados no combate ao pecado. Em Romanos 12:9, Paulo escreve: “O amor seja não fingido. Aborrecei o mal e apegai-vos ao bem”. Ser afogueado no combate ao pecado implica em ter uma postura firme contra as tentações e buscar viver uma vida de santidade diante de Deus. O apóstolo Pedro também nos incentiva a sermos afogueados no combate ao pecado, como está escrito em 1 Pedro 5:8: “Sede sóbrios, vigiai. O vosso adversário, o Diabo, anda em derredor, rugindo como leão, e procurando a quem possa tragar”.

- Publicidade -

Afogueado no louvor e adoração

A Bíblia nos ensina a sermos afogueados no louvor e adoração a Deus. Em Salmos 150:6, lemos: “Tudo quanto tem fôlego louve ao Senhor. Louvai ao Senhor!”. Ser afogueado no louvor e adoração implica em render a Deus toda a honra e glória que Ele merece, expressando nosso amor e gratidão por meio de cânticos, orações e atitudes de adoração. O livro de Salmos está repleto de exemplos de louvores fervorosos a Deus, nos quais podemos nos inspirar.

Afogueado na busca pela sabedoria

A Bíblia nos incentiva a sermos afogueados na busca pela sabedoria. Em Provérbios 2:3-5, lemos: “Se clamares por discernimento, e por entendimento alçares a tua voz, se buscares a sabedoria como a prata e como a tesouros escondidos a procurares, então entenderás o temor do Senhor e acharás o conhecimento de Deus”. Ser afogueado na busca pela sabedoria implica em ter um desejo intenso de conhecer a vontade de Deus e aplicá-la em nossa vida diária.

Afogueado na oração

A Bíblia nos ensina a sermos afogueados na oração. Em 1 Tessalonicenses 5:17, Paulo escreve: “Orai sem cessar”. Ser afogueado na oração implica em ter uma vida de comunhão constante com Deus, buscando Sua presença e direção em todas as áreas da nossa vida. Jesus também nos ensinou a sermos afogueados na oração, como está escrito em Mateus 6:6: “Tu, porém, quando orares, entra no teu quarto e, fechada a porta, orarás a teu Pai, que está em secreto; e teu Pai, que vê em secreto, te recompensará”.

Afogueado na proclamação do evangelho

A Bíblia nos exorta a sermos afogueados na proclamação do evangelho. Em Marcos 16:15, Jesus disse aos Seus discípulos: “Ide por todo o mundo e pregai o evangelho a toda criatura”. Ser afogueado na proclamação do evangelho implica em compartilhar as boas novas de salvação em Jesus Cristo com as pessoas ao nosso redor, buscando levar a mensagem de esperança e transformação que encontramos na Bíblia.

Afogueado na busca pela justiça

A Bíblia nos ensina a sermos afogueados na busca pela justiça. Em Isaías 1:17, lemos: “Aprendei a fazer o bem; procurai o que é justo; ajudai o oprimido; fazei justiça ao órfão; tratai da causa das viúvas”. Ser afogueado na busca pela justiça implica em agir de acordo com os princípios de Deus, defendendo os direitos dos mais vulneráveis e lutando contra a injustiça em todas as suas formas.

- Publicidade -

Afogueado na busca pela santidade

A Bíblia nos exorta a sermos afogueados na busca pela santidade. Em 1 Pedro 1:15-16, lemos: “Mas, como é santo aquele que vos chamou, sede vós também santos em toda a vossa maneira de viver; porquanto está escrito: Sede santos, porque eu sou santo”. Ser afogueado na busca pela santidade implica em viver de acordo com os mandamentos de Deus, buscando agradá-Lo em todas as áreas da nossa vida e buscando constantemente a transformação do nosso caráter à imagem de Cristo.

Afogueado na fé

A Bíblia nos ensina a sermos afogueados na fé. Em Hebreus 11:6, lemos: “Ora, sem fé é impossível agradar-lhe, porque é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que ele existe e que é galardoador dos que o buscam”. Ser afogueado na fé implica em confiar plenamente em Deus, mesmo diante das adversidades, e buscar uma comunhão profunda com Ele por meio da Palavra, da oração e da comunhão com outros cristãos.

Afogueado na esperança

A Bíblia nos exorta a sermos afogueados na esperança. Em Romanos 12:12, Paulo escreve: “Alegrai-vos na esperança, sede pacientes na tribulação, perseverai na oração”. Ser afogueado na esperança implica em confiar nas promessas de Deus e ter a certeza de que Ele está no controle de todas as coisas, mesmo diante das circunstâncias mais difíceis. A esperança cristã é baseada na ressurreição de Jesus Cristo e na promessa de vida eterna com Ele.

Afogueado no amor a Palavra de Deus

Por fim, a Bíblia nos ensina a sermos afogueados no amor à Palavra de Deus. Em Salmos 119:97, o salmista declara: “Oh! Quanto amo a tua lei! É a minha meditação em todo o dia”. Ser afogueado no amor à Palavra de Deus implica em ter um desejo intenso de conhecer e aplicar os ensinamentos das Escrituras em nossa vida diária, buscando crescer espiritualmente e viver de acordo com a vontade de Deus.

Em resumo, ser afogueado, de acordo com a Bíblia, implica em ter um fervor, paixão e dedicação intensos em diferentes áreas da nossa vida, como o amor a Deus, ao próximo, o serviço a Deus, o combate ao pecado, o louvor e adoração, a busca pela sabedoria, a oração, a proclamação do evangelho, a busca pela justiça, a busca pela santidade, a fé, a esperança e o amor à Palavra de Deus. Que possamos ser afogueados em todas essas áreas, buscando viver uma vida que glorifique a Deus e seja um testemunho do Seu amor e graça.

Compartilhe Este Artigo