Flash Sale! to get a free eCookbook with our top 25 recipes.

Estudo bíblico do livro de Deuteronômio

Leia o nosso estudo com a visão geral do livro de Deuteronômio e explicação do conceito literário do livro e as suas ideias principais.
Continua após a publicidade

Já sabemos que o livro de Deuteronômio é o quinto livro da bíblia sagrada e o último livro da Torá.

Mas ainda assim, em minhas redes sociais, corriqueiramente recebo perguntas a respeito do que se trata o livro de Deuteronômio, você também possui essa dúvida? 

Se deseja saber a resposta então acompanhe esse estudo até o final porque hoje é dia de panorama bíblico.

Após este artigo eu espero que a sua próxima leitura de Deuteronômio seja feita com outros olhos!

Quem escreveu o livro de Deuteronômio?

Quem escreveu o livro de Deuteronômio?

Existe muita especulação e discussão a respeito da data em que foi escrito e da autoria de Deuteronômio, mas tanto a tradição judaica quanto a samaritana são unânimes em identificar Moisés como o autor.

Muito provavelmente o livro tenha sido escrito por volta do ano 1408 a.C nas planícies de Moabe.

Porém, é óbvio que o relato sobre a morte de Moisés que aparece no final do livro é obra de algum outro autor╶ que muito provavelmente foi Josué.

Ao escrever o livro de Deuteronômio, Moisés buscou levar a nova geração do povo a ver a necessidade de se permanecer fiel a Deus.

Segundo Moisés Israel deveria responder a graça e a providência do Senhor com completo amor e devoção a sua santidade.

Contexto histórico do livro de Deuteronômio.

Moisés tinha 120 anos quando a terra prometida estava bem na sua frente, esse grande líder foi quem tirou os israelitas da escravidão do Egito e os guiou pelo Deserto para receber a lei de Deus no Monte Sinai .

Mas, por causa da desobediência, o povo perambulou sem destino no deserto durante 40 anos.

No início do livro de Deuteronômio os israelitas se achavam acampados na fronteira oriental de Canaã╶ na região montanhosa de Moabe.

Quando o povo de Israel se preparava para entrar na terra prometida, depararam-se com novos inimigos e tentações.

Moisés então decidiu reunir o grupo para lembrá-los o quão importante é se manter fiel ao Senhor e encorajá-los a serem obedientes a seu Deus independentemente das situações vividas.

Estudo do conteúdo do livro de Deuteronômio:

Depois do êxodo do Egito, o povo de Israel permaneceu no monte Sinai por um ano fazendo uma aliança com Deus.

Posteriormente eles tiveram uma viagem desastrosa através do deserto e a geração do êxodo se desqualifica para entrar na terra prometida e nascem novos filhos de Israel.

Deuteronômio começa com Moisés na frente de uma nova geração explicando a torá, e a partir daqui o conceito e a finalidade do livro são revelados.

Este livro contém uma série de discursos de Moisés onde ele chama a próxima geração de Israel a fidelidade na aliança com Deus.

No centro do livro (nos capítulos 12 à 26) está uma coleção de leis que são: os termos da aliança entre Deus e Israel. Algumas das leis são novas mas a grande maioria vem das leis cerimoniais do Antigo Testamento.

Cercando essas leis existem 2 sessões externas, vamos nos aprofundar e ver como tudo se encaixa.

Discurso de abertura de Moisés (capítulos 1 à 11).

Primeiramente Moisés resume a história da nação de Israel até agora e destaca a rebeldia da geração anterior em comparação com a constante graça e provisão de Deus no deserto.

Continua após a publicidade

O autor deixa claro que o Senhor trouxe a sua justiça sobre os rebeldes, mas não abandonou e nem esqueceu de suas promessas.

Decorrente disso surge uma série de sermões intensos onde Moisés chama a nova geração dos israelitas a serem mais fiéis do que foram seus pais a aliança do Eterno.

Moisés enfatiza os 10 mandamentos e então ministra ao povo que amem ao Senhor com todo o coração, alma e força.

Pois a devoção e obediência à Deus faria de Israel um povo único entre as nações, os israelitas têm a chance de seguir as leis do Eterno para mostrar ao mundo inteiro a sabedoria e a justiça de Deus.

Exposição de uma coleção de leis (capítulos 12 à 26).

No meio do livro de Deuteronômio uma coleção de leis é organizada por tópicos.

Segundo estas leis Deus é adorado e exaltada através do cuidado de Israel (o seu povo) para com os pobres.

Portanto todos os Israelitas deveriam dar um décimo (dízimo) da sua renda anual para o templo, mas outro décimo deveria ser reservado a cada três anos e dado aos pobres.

Nos capítulos seguintes Deus descreve as qualidades e caráter esperado dos líderes de Israel, assim os presbíteros, sacerdotes e reis foram colocados sob a autoridade das leis da aliança e supervisão de profetas.

Essa coleção de leis é tão importante que o Apóstolo Paulo teve de citar uma delas (Deuteronômio 25: 4)  no texto de 1 Coríntios 9: 9.

Discurso final e a morte de Moisés (capítulos 27 a 34).

Após mencionar todas as leis, Moisés emite um desafio final para que o povo ouça e ame seu Deus, o líder simplesmente diz que se Israel ouvir e obedecer ao seu Deus tudo dará certo.

Mas, se o povo não escutar e se rebelar contra o Senhor: vera fome, pragas, devastação e por último o exílio da terra prometida.

Em seguida Moisés sobe numa montanha e morre. Assim o livro de Deuteronômio chega ao fim!

Qual a importancia do livro de Deuteronômio?

Você sabe a importância desse livro? Ainda não?! Eu te conto: de todo o pentateuco, o livro de Deuteronômio é o mais citado pelos profetas no antigo testamento.

Sem comentar que o mesmo também é citado quase que 100 vezes no novo testamento!

Esse foi o livro mais usado por Jesus nas citações dos Evangelhos, onde ele usou versículos de Deuteronômio para combater as tentações no deserto (leia Mateus 4 e Lucas 4).

Cristo também usou o livro de Deuteronômio para explicar qual era o maior de todos os mandamentos da lei (leia Deuteronômio 6: 5)

O que o livro de Deuteronômio nos resume?

O que o livro de Deuteronômio nos resume?

Talvez você esteja se questionando: “- Mas afinal qual é a aplicação pessoal do livro? O que Deuteronômio resumidamente quer nos dizer?’

Deuteronômio é caracterizado por um forte senso de urgência, leia comigo o capítulo 30 e versículo 19 abaixo:

… te tenho proposto a vida e a morte, a bênção e a maldição; escolhe pois a vida, para que vivas, tu e a tua descendência.

Este livro nos resume que no fim a decisão é nossa, Deuteronômio nos ensina que as condições indispensáveis para se ter um relacionamento com Deus são a obediência e a fidelidade!

Portanto o nosso amor, afeição e devoção ao Senhor devem ser a verdadeira base para todas as nossas ações.

Lembre-se que: o sucesso, a vitória e a felicidade dependem exclusivamente da nossa escolha de obediência ao Pai.

Agora Você Vai Entender a Bíblia de Gênesis a Apocalipse de Uma Maneira que Você Nunca Entendeu Antes. Clique Aqui!

Tyago Rodrigues
Me chamo Tyago Rodrigues e sou totalmente apaixonado pelo reino de Deus e sua obra! O que queima em meu coração? Levar o Evangelho libertador às pessoas, através do ensino da Palavra de Deus, e é isso que tenho feito!