Amonitas: Quem eram na bíblia

Por 4 Min de Leitura

Introdução

As amonitas são mencionadas em várias passagens da Bíblia, principalmente no Antigo Testamento. Eles eram um povo antigo que habitava a região conhecida como Amom, localizada a leste do rio Jordão, na atual Jordânia. Neste glossário, iremos explorar quem eram os amonitas, sua história, cultura e sua relação com os israelitas.

Origem e História dos Amonitas

Os amonitas eram descendentes de Ben-Ami, filho de Ló com sua filha mais nova. A história de sua origem é relatada no livro de Gênesis, capítulo 19, versículos 30 a 38. Após a destruição de Sodoma e Gomorra, Ló e suas duas filhas se refugiaram em uma caverna nas montanhas. As filhas, temendo que não houvesse mais homens na terra, embriagaram seu pai e tiveram relações com ele, resultando na gravidez de ambas. O filho mais velho deu à luz Moabe, e o filho mais novo deu à luz Ben-Ami, que se tornou o ancestral dos amonitas.

- Publicidade -

Relação com os Israelitas

Os amonitas e os israelitas tiveram uma relação complexa ao longo da história. Em alguns momentos, foram aliados, enquanto em outros foram inimigos. Durante o período dos juízes, os amonitas oprimiram os israelitas por 18 anos, até que o juiz Jefté liderou uma campanha militar bem-sucedida contra eles, conforme relatado no livro de Juízes, capítulo 11.

Religião e Cultura Amonita

A religião dos amonitas era politeísta, adorando uma variedade de deuses, incluindo Milcom, também conhecido como Moloque. Eles também praticavam rituais de sacrifícios humanos, especialmente de crianças, como parte de seus cultos religiosos. Essas práticas eram consideradas abomináveis pelos israelitas e foram uma das razões pelas quais eles foram condenados pelos profetas.

Conflitos com os Israelitas

Os amonitas estiveram envolvidos em vários conflitos com os israelitas ao longo dos séculos. Durante o reinado de Saul, eles lutaram contra os israelitas e foram derrotados. Mais tarde, durante o reinado de Davi, houve uma guerra prolongada entre os dois povos. Davi conquistou a cidade de Rabá, capital dos amonitas, e estabeleceu seu domínio sobre eles.

- Publicidade -

Amonitas na Profecia

Os profetas bíblicos frequentemente mencionavam os amonitas em suas profecias, condenando suas práticas religiosas e prevendo sua destruição. O profeta Sofonias, por exemplo, profetizou a queda de Rabá e a ruína dos amonitas, como está escrito em Sofonias 2:8-11.

Declínio e Desaparecimento

A partir do século VI a.C., os amonitas começaram a perder sua independência política e foram gradualmente absorvidos por outros povos da região. Com a conquista da região pelos nabateus e, posteriormente, pelos romanos, a identidade amonita foi se diluindo até desaparecer completamente.

Legado dos Amonitas

Mesmo que os amonitas tenham desaparecido como um povo distinto, seu legado ainda pode ser encontrado na região da Jordânia. Várias cidades e sítios arqueológicos, como Amã (antiga Rabá), preservam vestígios da antiga cultura amonita. Além disso, a menção dos amonitas na Bíblia e em outras fontes históricas nos permite entender melhor a história e a cultura da região.

Considerações Finais

Os amonitas foram um povo antigo e influente na região da Jordânia, mencionados em várias passagens da Bíblia. Sua história, cultura e relação com os israelitas são temas fascinantes de estudo. Embora tenham desaparecido como um povo distinto, seu legado ainda pode ser encontrado na região e sua história continua a nos ensinar sobre a complexidade das relações entre povos antigos.

Compartilhe Este Artigo